Canon desenvolve câmara de rede de alta sensibilidade para vigilância noturna de elevada visibilidade e longo alcance

Lisboa, 10 de setembro de 2015 — A Canon Europa, líder em soluções de imagem, anunciou que a sua empresa-mãe, a Canon Inc., está a desenvolver uma câmara de rede de alta sensibilidade equipada com uma objetiva de grande ampliação rápida capaz de captar imagens a cores a longas distâncias mesmo à noite, tornando possível a visualização de assuntos que a olho nu não seriam fáceis de identificar.

Nex-gen_networkcamera.jpg

Entre as crescentes preocupações de segurança e proteção, uma maior necessidade por sistemas de vigilância avançados estimulou a procura por câmaras de rede de elevado desempenho, capazes de gravar nitidamente informação visual durante o dia e noite, para utilização em vigilância urbana e monitorização de infraestruturas importantes.

A Canon está a desenvolver uma câmara de rede compacta de alta sensibilidade que irá tornar possível visualizar assuntos distantes a cores mesmo em condições que são desafiantes a olho nu, como por exemplo à noite com poucas fontes de luz. As capacidades de imagem da câmara irão torná-la ideal tanto para aplicações de vigilância como para prevenção de crime e monitorização de locais propícios a desastres naturais, permitindo visualizar as cenas nitidamente de noite e de dia.

Com base numa gama de tecnologias óticas que a Canon tem trabalhado durante muitos anos, a câmara de rede em desenvolvimento inclui uma ultra-teleobjetiva de zoom de grande abertura com distância focal superior a 600mm (equivalente 35mm) que alcança um valor F de 2.4 - que permite a entrada de grandes quantidade luz. A objetiva vai incorporar elementos asféricos e UD (Ultra Low Dispersion) que inibem a ocorrência de aberrações cromáticas, que se tornam recorrentes à medida que a abertura da objetiva aumenta. A combinação da objetiva de grande abertura com o sensor de alta sensibilidade e o processador de imagem de elevado desempenho, vai permitir o reconhecimento de cor do rosto do alvo a uma distância de 100 metros mesmo em ambientes escuros com apenas 0.08 lux de iluminação, quase equivalente à luz emitida pela lua. Até à data, a vigilância noturna convencional só é possível em pequenas distâncias e com a ajuda de iluminação infravermelha, ou utilizando o modo noturno que capta as imagens a preto e branco.

Através da combinação de uma função pan/tilt acionada eletricamente, que controla a orientação da câmara, com a ultra-teleobjetiva de zoom, a câmara irá cumprir uma série de necessidades e requisitos a nível de vigilância. Além da monitorização de desastres naturais em rios e baías, por exemplo, a câmara será perfeita para utilização em vigilância urbana desde terraços de edifícios e identificação de matrículas nas estradas, não apenas durante o dia, mas também com configurações exigidas pela vigilância noturna.

A Canon quer iniciar a comercialização da nova câmara de rede em 2016. Através do reforço do portefólio de câmaras de rede, a Canon vai dar resposta à constante necessidade de aumento da monitorização e vigilância da sociedade.

spacer
					image
Press Releases
Notícias Corporativas
Notícias de Soluções para Empresas
Notícias dos Produtos de Consumo
Notícias da Canon Inc.
Informação
Recursos para a Imprensa
Eventos europeus
Biblioteca de imagens
Current Feeds
Notícias dos Produtos de Consumo
Notícias de Soluções para Empresas
Notícias Corporativas