80% dos Portugueses já chorou durante um jogo de Futebol

Lisboa, 19 de Maio, 2008 · Estudo da Canon Europeu revela que Portugueses, Britânicos, Belgas e Alemães são os europeus que mais vezes choraram durante um jogo · 73% dos Portugueses considera o futebol uma espécie de religião · 43% dos Portugueses assume já ter beijado / abraçado um estranho durante um jogo de futebol

Lisboa, 19 de Maio - 4 em cada 5 Portugueses (80%) já choraram enquanto assistiam a um jogo de futebol de acordo com os resultados de um estudo realizado pela Canon Europe em 17 países europeus sobre as emoções no futebol. Seguem-se depois os Alemães e Belgas (74%) e Britânicos (73%) que revelaram ter deixado escapar lágrimas durante um jogo de futebol. Os Dinamarqueses (44%) e os Eslovacos (47%) são, por seu turno, os mais contidos.

Na hora de exteriorizar outras emoções em público - gritos e insultos - enquanto assistem a um jogo de futebol, os Portugueses (78%) são, por seu turno, os mais contidos. Já entre Húngaros e Eslovacos, todos os entrevistados disseram já ter gritado em público durante uma partida de futebol, seguidos de perto pelos adeptos britânicos ( 98%).

Esta contenção também é visível noutro aspecto do estudo. Os Portugueses são igualmente os adeptos que menos vezes abraçaram ou beijaram um estranho durante um jogo de futebol. Apenas 43% dos entrevistados assume ter tido este comportamento.

Os Alemães e o Suecos, tidos como povos mais frios, quando assistem a um jogo de futebol deitam para o lado este cliché e adoptam comportamentos mais expansivos e emotivos. 93% dos Alemães e 88% dos Suecos revela que, durante um jogo de futebol já beijou ou abraçou um estranho.

Considerado por muitos uma espécie de religião, os Portugueses são os europeus que mais concordam com esta associação, com 73% dos inquiridos a classifica-lo como tal. Seguem-se os Belgas (70%) e os Noruegueses (68%). No fundo da tabela surgem os Holandeses (27%) e os Polacos (29%) que não associam o Futebol à religião.

Os elevados níveis de exposição mediática e notoriedade de figuras como Cristiano Ronaldo, Figo podem contribuir para o facto de, em Portugal 53%, dos entrevistados consideram os jogadores de futebol os seus heróis, um dos valores mais altos do estudo, só ultrapassados pelos adeptos Belgas e Suecos (61%).

À semelhança de rituais adoptados por jogadores e dirigentes antes e depois dos jogos, também os adeptos têm superstições com os Portugueses a serem os adeptos europeus mais conservadores. Quase metade dos entrevistados (48%) cumpre religiosamente o mesmo ritual antes e depois dos jogos de futebol.
Mais conservadores só os Belgas (61%) e os Espanhóis (69%). Holandeses (27%) e Finlandeses (29%) são os adeptos mais avessos a este tipo de rituais.

O estudo da Canon Europe, líder mundial de soluções de imagem e patrocinador oficial do Euro 2008 desenvolvido pela SIRC (Social Issues Reserach Centre), pretendeu analisar as emoções e comportamentos dos adeptos de futebol na Europa. Em Portugal, o estudo contou com o envolvimento do Departamento de Sociologia da Universidade do Porto.

Não consegue encontrar o que procura? Porque não visitar o nosso Arquivo Noticías e pesquisar algum item específico na base de dados de noticías.

spacer
					image

Notícias