Borealis-hero1

Uma solução global para uma empresa global

Com escritórios em 17 países, a Borealis depende de um tempo rápido de reação por parte dos seus fornecedores globais de TI, sempre que é necessário suporte. Uma parte vital deste requisito é podermos contar com uma pessoa de contacto central, que efetue a gestão do serviço em todos os países.

Após avaliar cuidadosamente o mercado, a Borealis abordou a Canon. Foram substituídos 1165 equipamentos, em 17 países, por 1000 novos equipamentos, em apenas oito meses. Para além de ter sido uma mudança sem dificuldades para todos os utilizadores envolvidos, a solução que dela resultou aumentou a segurança da documentação e permitiu à Borealis poupar dinheiro em manutenção e suporte, graças a um alto nível de estandardização.

Borealis-image1

"De um modo geral, existem três elementos deste projeto que, para mim, realmente se destacam", nota Jacky Cillen. "Em primeiro lugar, a Canon trabalha verdadeiramente como um player global. Em segundo lugar, a implementação de todo o projeto – ao nível do prazo, do orçamento e do nível de estandardização conseguido – decorreu sem problemas. Por último, mas o mais importante para mim: com a Canon, o suporte permanente após a conclusão do projeto é tão bom como foi durante a implementação. Contamos com o melhor apoio possível a nível mundial, que é exatamente o que procurávamos num parceiro tecnológico.

"O nosso objetivo foi o de conseguir uma transição sem dificuldades para um ambiente padrão de impressão e totalmente ligado em rede. O propósito da transição era conseguirmos oferecer um apoio mais centralizado aos nossos utilizadores, conseguindo, ao mesmo tempo, economizar custos no que respeita ao suporte e à manutenção."

Jacky Cillen, chefe de equipa de Tecnologia e sistemas de informação (IT&S)