hero-header.jpg

Através de uma objetiva com Nehemias Colindres

Fotógrafo e cineasta, Nehemias Colindres, partilha os seus três melhores tutoriais para filmar vídeos: filmar uma vinheta, conselhos para realizadores e através de uma objetiva.

Quando comecei a pensar neste projeto, fiquei imediatamente entusiasmado. 24 horas em Berlim para refletir o coração e a alma de uma cidade através da objetiva de uma câmara.

Queria experimentar a Canon EOS C300 da qual já tinha ouvido falar bastante. Tinha sido anunciada como uma melhoria à Canon EOS 5D Mark III; quis experimentá-la para não me limitar ao tutorial da Vimeo básico. Queria ver se estava à altura do meu estilo de fotografar.

Assim, utilizámos a Canon EOS C300 e a Canon EOS 5D Mark III e também utilizámos um conjunto mais antigo de objetivas de distância focal fixa Canon K-35. Normalmente, gosto de usar objetivas mais antigas; ficámos impressionados com a qualidade do vidro e com as imagens que conseguimos produzir.

Para a cena do concerto, não tínhamos muito controlo quanto ao desenrolar da situação, pelo que tivemos de nos preparar para todas as eventualidades. Conseguimos captar alguns retratos fundamentais com os membros, o que deu muito mais sentimento ao filme.

Ao captarmos a bailarina, também tivemos de estar atentos, na medida em que a sua dança é mais interpretativa do que coreografada. Consegui contorná-la em determinados aspetos para obter imagens e movimentos particulares, mas corríamos à sua volta tentando acompanhá-la e a câmara esteve à altura das expetativas.

Isso ajudou-nos bastante nesta cena em que filmámos tudo a 50 fotogramas por segundo porque os seus movimentos eram tão rápidos que, de outra forma, o público nem se teria apercebido deles. Também condiz bastante com o seu estilo e, na edição, conseguimos realçar mais emoção.

Conseguimos filmar todo o filme num dia. No início, sentei-me junto a Steve Ellery – o homem de negócios na cena final - e propus-lhe um desafio. Não lhe disse como pensei que deveria terminar.

Gosto sempre de deixar algum espaço para estes erros magníficos que conduzem um filme ao próximo nível. Os miúdos punk foram todos selecionados na rua e pu-los a fazerem as coisas que normalmente fazem. Normalmente, cortam o cabelo uns aos outros, pelo que decidi filmar isso; em geral, queria observá-los e ao seu estilo de vida sem interferir muito e penso que responderam muito bem.

Penso que a Canon EOS C300 é realmente um passo em frente, mas se existir a necessidade de flexibilidade, também recomendaria a utilização da Canon EOS 5D Mark III, que continua a oferecer uma excelente flexibilidade em condições de pouca luz.