Fotografar cidades: cinco dicas para obter melhores fotografias

As cidades são lugares cheios de energia e mágicos. As pessoas, os edifícios, rios e diversas ruas oferecem oportunidades fotográficas sem fim. Por isso, porque não pega na sua câmara, sai e explora a cidade à sua volta? Temos cinco dicas que o vão ajudar a captar imagens de que se vai sentir orgulhoso. Continue a ler e saiba como melhorar a sua composição, lidar com luz a desvanecer e como contar a história da sua cidade.


1. Conte um conto da cidade

Chef-at-market-stall-Miguel-Virkkunen-Carvalho.jpg

Chef em banca de mercado – Miguel Virkkunen Carvalho

Todas as cidades são históricas e com uma mistura de culturas, contendo milhares de histórias diferentes. À medida que explora uma cidade, pense nos contos que mais lhe interessam e, depois, vá um pouco mais fundo. Ignore os locais mais conhecidos e tente encontrar um ponto focal com uma narrativa exclusiva, que convidará o espectador a entrar no mundo da sua fotografia. Poderia ser um edifício histórico de Berlim a ser restaurado, um chef a trabalhar em Roma ou um grupo de pessoas a sair para uma noite na cidade. O objetivo é expressar como se sente sobre a cidade e captar a sua essência numa única imagem. Tente deixar o espectador intrigado sobre o que está a ver e a sentir-se curioso para saber mais.


2. Fotografe a cidade em movimento

Blurred-commuters-london-James-Blunt.jpg

Pessoas a caminho do trabalho desfocadas - James Blunt

A circulação de pessoas, mercadorias e o transporte criam o bater do coração da maioria das cidades. Pense na hora de ponta de bicicleta em Amesterdão, os mercados flutuantes de Banguecoque ou o impiedoso tráfego do Dubai. Para captar a cidade em movimento, tente explorá-la a pé até chegar a um cruzamento movimentado. Então, pare e tire algumas fotografias a partir de um local interessante. Se a sua câmara permitir, ajuste a velocidade do obturador. Depois de escolher uma velocidade do obturador mais lenta (por ex. 1/60 s ou mais lenta), mantenha a câmara estável e capte o efeito desfocado das pessoas a moverem-se com uma paisagem de fundo estática. Experimente fotografias de "panning", em que move a câmara à mesma velocidade de um objeto em movimento, como uma bicicleta ou um automóvel. Estas fotografias requerem um pouco de prática, mas produzem resultados recompensadores e são divertidas de experimentar com qualquer câmara.


3. Fotografe a cidade à noite ou com pouca luz

City-in-motion-Carl-Drougge.jpg

Cidade em movimento - Carl Drougge

Muitas cidades transformam-se e ganham uma nova vida quando cai a noite, ainda que possa ser desafiante captar a atmosfera, devido à luz que vai desvanecendo. Se estiver a fotografar ao crepúsculo, pode ser útil utilizar um tripé. Se não tiver um, encoste-se a uma parede e mantenha o corpo da câmara estável para captar as cenas de rua sem desfocagem. Tente fotografar paisagens urbanas em locais que tenham luzes brilhantes - como os mercados de Natal de Praga ou o West End de Londres. Fotografar rastos de luz também pode ser gratificante. Porque não procura um local elevado, como uma ponte ou um terraço num telhado e capta a rua em baixo? Se tiver uma DSLR, experimente definir o tempo de exposição da câmara para cerca de 20 segundos. Ajustar as definições de ISO da câmara ou do dispositivo (se as tiver) também pode ajudar a criar excelentes fotografias noturnas. Tente manter a câmara estável para evitar desfocagem indesejada e mude para um ISO de 1600 ou 3200. O sensor da câmara irá captar muito mais luz, até mesmo durante a noite. Porque não experimenta também utilizar as definições disponíveis na câmara para criar a sua experiência na cidade após anoitecer?


4. Mostre os contrastes da cidade

don’t-forget-martinenaite.jpg

Não esqueça - Martinenaite

Algumas das imagens mais impressionantes da cidade mostram contrastes: entre o novo e o antigo, a paz e a discórdia ou entre as comunidades cosmopolitas de uma cidade. Tente captar a sua própria interpretação do tema, por exemplo, pode encontrar alguém a meditar num movimentado parque de Xangai, fotografar um edifício histórico de Londres a parecer uma miniatura ao lado de um novo arranha-céus, ou fotografar o movimentado bairro hipster de Nova Iorque. Tente visitar o mesmo local em horários diferentes do dia para captar atmosferas diferentes. A serenidade matinal dos cafés de uma praça da cidade podem transformar-se numa festa louca depois do pôr do sol.


5. Os detalhes podem fazer a diferença

Pavement-Tim-Cowlishaw.jpg

Pavimento – Tim Cowlishaw

São os pequenos detalhes que dão a uma cidade a sua identidade. Muitas vezes escondidos à vista de todos, fotografar estes elementos fascinantes pode dar origem a imagens fantásticas. Pense nos candeeiros vitorianos de Londres, nos sinais das estações de Paris em Art Noveau, ou nas características calçadas de Lisboa. Esteja atento a detalhes pequenos e únicos da próxima cidade que visitar e pense em formas interessantes de os fotografar.


Sente-se inspirado? Partilhe as suas fotografias

Se as nossas dicas para tirar melhores fotografias de uma cidade lhe deram inspiração para levar a sua câmara para a rua, porque não partilha as suas fotografias na nossa Galeria? Além de permitir que o mundo conheça o seu trabalho, pode ver fotografias de outros fotógrafos e participar no nosso desafio fotográfico mensal.


Imagem de capa: Ritmo de Sutton - Gregory Rinaldi