Long exposure lights

Uma perspetiva luminosa sobre a fotografia em condições de pouca luz.

Conversámos com o Nige Levanterman, um fotógrafo orientado para a fotografia em condições de pouca luz e especializado em captar a energia das paisagens urbanas coloridas. Ao dominar as exposições longas e as luzes claras contrastantes, o Nige consegue criar histórias dinâmicas e iluminadas.

Vamos conhecê-lo um pouco melhor, Nige. De onde vem a sua paixão pela fotografia?

Quando assumi uma nova posição de trabalho em Londres, queria explorar e conhecer a cidade. Por isso, utilizei a fotografia para ficar a conhecer melhor a zona. Foi nessa altura que comecei a captar imagens com o meu telemóvel. No entanto, queria experimentar tirar fotografias em condições de pouca luz e com exposições longas, que era coisa que já não conseguia fazer com um telemóvel. Por isso, atualizei o meu equipamento para uma DSLR.

Não tive nenhuma formação formal. Aprendi o básico através de tutoriais no YouTube e segui os meus instintos. Pratiquei, tornei-me autodidata e progredi até ao ponto onde me encontro hoje.

O que o fascina nas sessões fotográficas em condições de pouca luz?

Adoro captar o movimento e o contraste das luzes claras em sessões fotográficas noturnas. Por isso, tento dar vida aos cenários através da energia do trânsito, das pessoas e das cores.

O Nige gosta de utilizar exposições longas. Consegue explicar-nos de que forma o faz?

É fundamental encontrar um local adequado para nos posicionarmos. Este local tem de oferecer um bom ângulo a uma distância segura do trânsito e, ao mesmo tempo, deve permitir uma postura firme, uma vez que qualquer movimento pode provocar a desfocagem da fotografia. Se estiver a fotografar locais famosos ou emblemáticos, também precisa de ter em conta que as multidões podem interromper o seu trabalho.

No que diz respeito à captação da fotografia em si, coloque a câmara num tripé, utilize uma objetiva com a menor abertura possível e foque um ponto médio na fotografia. Em seguida, mude para o modo manual e utilize uma velocidade de obturador lenta (5 a 30 segundos) para criar uma exposição mais longa.

Para fotógrafos que estejam a dar os primeiros passos na fotografia com exposições longas, recomendo que utilizem a definição "Prioridade à abertura", já que a câmara faz metade do trabalho. Assim, neste caso, comece com uma abertura de f/14 com o ISO definido para 100 e utilize o modo de prioridade ao obturador. A câmara irá definir a duração da exposição e, desde que seja menos de 30 segundos, conseguirá um bom resultado.

@Nige Levanterman

Que equipamentos da Canon utiliza para captar as suas fotografias em condições de pouca luz?

De momento, tenho três. Tenho a Canon EOS 5DS R, que utilizo para criar efeitos de time-lapse, uma vez que as fotografias de 50 MP podem ser convertidas em vídeos 8K. Também tenho a Canon EOS 5D IV e a nova Canon EOS R. Em termos de objetivas, recomendaria uma f/2.8, uma vez que captam fotografias muito mais nítidas à noite, pois oferecem um excelente desempenho em condições de pouca luz. Com uma objetiva f/2.8, ou até mesmo uma objetiva f/1.4, pode captar ótimas fotografias com exposições longas sem tripé.

Utiliza muitos efeitos na fase de edição. Que conselho pode dar a alguém que está a dar os primeiros passos na edição de imagens?

O primeiro erro que todos cometem, incluindo eu próprio, é aplicar demasiada saturação. Evite fazê-lo na pós-edição e mantenha o aspeto realista da sua fotografia.

Infelizmente, não há nenhuma forma fácil e rápida de desenvolver capacidades de edição. Caso nunca tenha utilizado programas de edição, dedique algum tempo a familiarizar-se com as suas funcionalidades. O YouTube tem uma grande variedade de tutoriais gratuitos que são excelentes para utilizadores de todos os níveis.

O mais importante é encontrar o seu próprio estilo. Inspire-se noutras pessoas, mas evite copiar o seu estilo.

Quais são os seus locais favoritos para tirar fotografias à noite e porquê?

Sinto-me atraído por locais animados com imensas pessoas, trânsito e luzes. É por isso que adoro a época festiva. As luzes decorativas, a agitação dos mercados e as várias lojas pop-up tornam esta época do ano perfeita para a fotografia em condições de pouca luz.

@Nige Levanterman

Pode partilhar as suas 3 principais sugestões sobre como dominar a fotografia em condições de pouca luz?

Invista num bom tripé. Para conseguir uma fotografia nítida, vai precisar que a câmara esteja completamente imóvel. Qualquer desfocagem presente na fotografia terá sido causada por movimentos acidentais.

Assim que escolher o seu motivo, mude para a focagem manual. Isto fará com que a câmara pare de tentar focar outros elementos em movimento na imagem, como pessoas a andar ou carros a passar. Para o fazer, escolha um ponto de focagem, prima o obturador até meio e mude a objetiva para o modo manual.

Familiarize-se com os princípios básicos da fotografia em condições de pouca luz e, em seguida, invista nas suas objetivas. Uma objetiva nova irá mudar completamente o seu estilo e ajudá-lo a desenvolver as suas capacidades. Tinha cerca de quatro objetivas antes de passar à minha primeira DSLR.

O que se segue no seu percurso fotográfico, Nige?

Estou sempre a explorar novas ideias. O meu objetivo era ser diferente e é por isso que fotografei vários edifícios emblemáticos à minha maneira. Por isso, suponho que o meu objetivo seja estar em constante avanço e acompanhar os tempos e as necessidades das redes sociais.

@Nige Levanterman


Kit recomendado

Canon EOS 2000D

Canon EOS M50



Escrito por Sasha Newbury