FOTOGRAFIA DE FAMÍLIA

Por detrás da objetiva: Helen Bartlett explica como transformou a sua paixão pela fotografia numa carreira

Helen Bartlett partilha a história da sua carreira na fotografia de retratos de família, revela o seu kit favorito e oferece conselhos para principiantes.
Canon Camera
Helen Bartlett começou a fotografar crianças quando era adolescente, no infantário da mãe, no sul de Londres. Iniciou a sua carreira profissional em 2003 e agora é uma das fotógrafas de retratos de família mais conceituadas e respeitadas do Reino Unido. As suas imagens a preto e branco utilizam a luz disponível e exprimem o espetro emocional da vida familiar. Conversámos com ela para saber mais acerca dos desafios de tornar a paixão pela fotografia numa carreira a tempo inteiro.

Quando foi a primeira vez que se interessou pela fotografia?

Durante a minha infância, o meu pai sempre foi um adepto da fotografia e, por isso, tínhamos uma sala escura em casa. Eu e os meus irmãos todos tínhamos câmaras manuais, tirámos muitas fotografias em película a preto e branco, e revelámos e imprimimos as nossas próprias fotografias. Nessa altura, a minha mãe dirigia um infantário em casa durante a semana. Quando me tornei adolescente, comecei a fotografar as crianças do infantário e a vender as fotografias aos pais como uma forma de fazer algum dinheiro para mim. Continuei a fazê-lo enquanto estudava para obter o meu diploma universitário porque sempre quis ser fotógrafa. No entanto, achava que era apenas um sonho e acabei por fazer outras coisas.
Fotografia a preto e branco de uma criança a rir a brincar com bolhas.

Quando fotografa crianças, Helen procura sempre incorporar um elemento de diversão nas suas imagens, o que é uma excelente forma de garantir fotografias naturais. Tirada com uma Canon EOS R5 com uma objetiva Canon RF 85mm F1.2L USM DS a 1/2000 seg., f/1.2 e ISO 320. © Helen Bartlett

Como é que a fotografia se tornou na sua carreira?

Depois de experimentar outros trabalhos e continuar a querer ser fotógrafa, o meu irmão mais velho emprestou-me algum dinheiro para criar uma empresa de fotografias de crianças e tudo pareceu acontecer no momento certo. A fotografia digital estava a tornar-se cada vez mais acessível, por isso, comprei uma Canon EOS 10D, um computador e vivi com os meus pais até ter uma vida estável.

Que desafios teve de superar?

Os principais desafios no início foram os mesmos de agora. O principal obstáculo é conseguir clientes. Podes tirar as melhores fotografias do mundo, mas se as pessoas não te conhecerem é difícil conseguir mais clientes. Além disso, quando estás a começar, é preciso tempo e experiência para aprender a trabalhar com crianças. Lembro-me de fotografar quatro miúdos pequenos num apartamento de cave, num dia chuvoso, e de pensar que fazer aquilo como trabalho ia ser um desafio interessante e divertido. Quanto mais trabalhas com crianças, mais formas conheces para obter o melhor delas, e também para garantires que todos passam um bom momento nesse processo.
Retrato de perfil a preto e branco de um bebé.

Uma objetiva macro especializada permite-lhe focar mais perto do que uma objetiva normal, o que faz com que seja ideal para fotografar recém-nascidos e bebés. Tirada com uma Canon EOS-1D X Mark II com uma objetiva Canon EF 100mm f/2.8L Macro IS USM a 1/500 seg., f/2.8 e ISO 1000. © Helen Bartlett

Fotografia a preto e branco de uma criança sentada nos ombros do pai.

Incentivar os pais a envolverem-se na sessão ajuda os motivos a relaxarem e permite captar mais facilmente momentos espontâneos. Tirada com uma Canon EOS R com uma objetiva Canon RF 50mm F1.2L USM a 1/1000 seg., f/2 e ISO 400. © Helen Bartlett

Que sugestões daria aos aspirantes a fotógrafos profissionais?

Uma das coisas de que nos devemos lembrar é de que a fotografia raramente é um caminho para a riqueza. É um trabalho árduo. Por isso, antes das pessoas abandonarem os seus trabalhos diários, é importante lembrar que as coisas não acontecem de um dia para o outro. Eu diria para aprenderem tanto quanto possível. A Internet é um ótimo recurso para ajuda prática e técnicas de aprendizagem. Mas o mais importante é praticar. Porque não há nada como realmente tirar fotografias. É boa ideia apenas tirar fotografias de amigos e familiares antes de aceitar trabalhos pagos. Quanto mais se fotografa, mais truques se aprendem e mais se define um estilo próprio.
Fotografia a preto e branco com um bosque como cenário onde se vê uma criança em silhueta em cima de um ramo de uma árvore caída.

Incorporar sombras nas imagens pode ajudar a transmitir um estado de espírito e a criar uma sensação de ambiente. Tirada com uma Canon EOS R5 com uma objetiva Canon RF 50mm F1.2L USM a 1/400 seg., f/1.8 e ISO 800. © Helen Bartlett

Que kit utiliza atualmente?

Atualmente trabalho com dois sistemas de câmara enquanto faço a transição para uma câmara mirrorless. Ainda tenho a minha adorada Canon EOS-1D X Mark II, que utilizo juntamente com a objetiva Canon EF 85mm f/1.4L IS USM, a Canon EF 35mm f/1.4L II USM e a Canon EF 24-70mm f/2.8L II USM. As crianças movem-se rapidamente e a focagem automática excecional e a estrutura robusta da série EOS-1 D X são fantásticas para quando não sabes o que te pode cair em cima durante uma sessão fotográfica com crianças entusiasmadas, desde areia, água a peluches, a lista é interminável.

Em 2020, acrescentei uma fantástica Canon EOS R5 ao meu kit. Estou a gostar bastante do acompanhamento do rosto e dos olhos, do ecrã tátil de ângulo variável e das 5940 posições de focagem automática, que me permitem criar composições novas e interessantes para os meus clientes. Utilizo-a com a sublime Canon RF 50mm F1.2L USM, que considero ser a minha objetiva essencial. Também utilizo a incrivelmente versátil Canon RF 35mm F1.8 Macro IS STM, que adoro particularmente pela sua funcionalidade macro, o que a torna na objetiva ideal para fotografar recém-nascidos. Em 2021 vou adicionar uma objetiva Canon RF 85mm F1.2L USM ao meu kit. A qualidade das novas objetivas RF é impressionante.

Recomendo sempre investir numa objetiva de distância focal fixa rápida, uma vez que permite fotografar em espaços interiores utilizando luz natural, o que é excelente para aprender sobre a abertura e as velocidades do obturador. A Canon EF 50mm f/1.8 STM económica e de alta qualidade é uma excelente objetiva de distância focal fixa para fazer experiências. Para quem utiliza o sistema mirrorless Full-Frame da Canon, o equivalente seria a objetiva Canon RF 50mm F1.8 STM.

Produtos relacionados

  • Câmaras mirrorless

    EOS R5

    Esqueça tudo o que sabe sobre câmaras mirrorless. O desempenho sem compromissos da EOS R5 vai revolucionar a sua fotografia e cinematografia.

  • Objetivas para DSLR

    EF 50mm f/1.8 STM

    Objetiva STM económica com uma abertura luminosa de f/1,8 para retratos, fotografia em condições de pouca luz e em geral.

  • Objetiva standard

    RF 50mm F1.8 STM

    Uma objetiva de distância focal fixa 50mm RF compacta, silenciosa e leve com uma grande abertura de f/1.8, perfeita para explorar a sua visão criativa.

  • Artigos relacionados

  • Duas crianças em silhueta com um bosque como fundo e o sol baixo a atravessar as árvores.

    FOTOGRAFIA DE FAMÍLIA

    11 sugestões para fotografias de família

    Descubra dicas e sugestões para criar retratos de família deslumbrantes com a Embaixadora da Canon Helen Bartlett.

  • Transforme um dia em família num fantástico filme caseiro

    TÉCNICAS DE VÍDEO

    Transforme um dia em família num fantástico filme caseiro

    Capte momentos preciosos em família e aprenda a tirar o máximo partido das funcionalidades de vídeo da sua câmara EOS com Stef Michalak, vlogger de temas familiares.

  • Bebé sentado na vertical, a brincar com contas coloridas num ábaco.

    FOTOGRAFIA DE BEBÉS

    12 sugestões que pode utilizar hoje mesmo para fotografar bebés

    Preserve aqueles momentos preciosos e capte o desenvolvimento do seu bebé.

  • Rapariga a brincar num parque com um disco amarelo à sua frente a enquadrar o seu rosto. Tirada com uma Canon EOS M50 por Katja Gaskell.

    FOTOGRAFIA DE FAMÍLIA

    Tire retratos melhores

    5 desafios divertidos de fotografia de família com a bloguer Katja Gaskell.