Visa pour l’Image 2020 torna-se digital – e a Canon apoia a próxima geração de storytellers

Lisboa, Portugal, 28 de agosto de 2020 – Pelo 31º ano, a Canon Europa orgulha-se de anunciar que estabeleceu uma parceria com o Visa pour l’Image, um dos festivais de fotojornalismo mais importantes do mundo, durante a Pro Week – de 29 de agosto a 5 de setembro de 2020. Esta parceria de longa data realça o compromisso da Canon com o fotojornalismo, desde estudantes que aprendem a arte, a profissionais que quebram barreiras na área. Uma vez mais, a Canon celebra esta aliança com iniciativas entusiasmantes, com a Bolsa Canon para Fotojornalistas Femininas e a novíssima Bolsa de Vídeo Canon, e ainda o Programa de Desenvolvimento para Estudantes da Canon. Este ano, devido às medidas de distanciamento social, alguns momentos do festival terão lugar em Perpignan, França, como habitual, e outros – incluindo conversas, prémios, avaliações de portefólios, screenings e apresentações – decorrerão virtualmente.

O futuro do storytelling visual

2020 traz a quarta edição do Programa Canon de Desenvolvimento para Estudantes, dedicado àqueles que querem seguir uma carreira em fotografia e fotojornalismo. Entre 1 e 5 de setembro, e pela primeira vez de forma virtual digital, a Canon vai receber mais de 220 estudantes de fotografia de toda a Europa, Médio Oriente e África para um programa de desenvolvimento intensivo. Esta iniciativa visa melhorar as capacidades e fazer progredir as carreiras dos estudantes, apresentando-os a alguns dos melhores profissionais do setor, através de webinars e avaliações de portefólio. Este ano serão 24 os fotógrafos profissionais, incluindo Embaixadores Canon – como Muhammed Muheisen, Aïda Muluneh e Magnus Wennman – e editores de fotografia a avaliar os portefólios dos estudantes. Os editores e curadores de fotografia participantes incluem Sarah Leen, Kathy Ryan, Monica Allende, Nicolas Jimenez, Olivier Laurent, Whitney Richardson, Lekgetho Makola, Ekow Eshun e Bonnie Briant. Serão escolhidas fotos dos portefólios dos estudantes participantes para incluir num livro de edição limitada, que será publicado ainda este ano.

Inspirar o futuro

A partir de 1 de setembro, como parte do Programa Canon de Desenvolvimento para Estudantes, decorre uma série de palestras inspiradoras – digitais e abertas a todos os visitantes credenciados – por parte de profissionais de renome mundial. A primeira será ministrada por Jason Eskenazi, antigo membro do Guggenheim, com o tema ‘Revisiting the Americans’. Outros palestrantes incluem o fundador do Visa por l’Image, Jean-François Leroy, Gaia Tripoli do The New York Times, o lendário fotógrafo Sebastião Salgado e um dos fotógrafos de musical e retratos mais influente do mundo, e também realizador, Anton Corbijn. Um painel de discussão juntará vozes influentes do setor para abordar os desafios únicos que enfrentam os fotógrafos e fotojornalistas negros e pertencentes a minorias, sublinhando as prioridades para a mudança positiva e iniciativas sustentáveis para encorajar, nutrir e apoiar o talento.

O melhor do fotojornalismo

Este ano celebra-se o 20º aniversário da Bolsa para Fotojornalistas Femininas, apresentada pela Canon e pelo Visa pour l’Image, que reconhece uma fotógrafa excecional do sexo feminino pela sua contribuição para o fotojornalismo. A escolhida deste ano, a fotógrafa Turca Sabiha Çimen, receberá formalmente a bolsa no valor de 8.000€ que reconhece o seu projeto Hafiz: Guardians of the Qur’an. Este foca-se numa tradição com 1.500 anos – na qual os Muçulmanos que memorizem completamente o Corão são autorizados a utilizar o título ‘Hafiz’ antes dos seus nomes – e nas jovens entre os 8 e os 17 anos que frequentam as escolas do Corão para recitar e memorizar os 6.236 versos do livro sagrado do Islamismo para que se tornem Hafizas.

A contemplada com a Bolsa Canon para Fotojornalistas Femininas no ano passado, e membro da VII Photo Agency, Anush Babajanyan, vai apresentar o seu projeto, A Trouble Home, no Couvent des Minimes em Perpignan (imagens impressas pela Canon) e online. Este projeto foca-se em famílias numerosas na região do Sul do Cáucaso, onde o governo encorajou o crescimento da população étnica arménia. Anush começou a trabalhar na região em 2016, quando a violência eclodiu durante a Four Day War, e quis explorar as razões por trás das famílias em crescimento na área.

A primeira bolsa de vídeo da Canon

O Visa pour l’Image 2020 traz a apresentação da novíssima Canon Video Grant. O primeiro contemplado é o fotógrafo e videógrafo franco-suíço Michaël Zumstein – este jornalista de investigação divide o seu tempo a trabalhar em comissões para a imprensa francesa e internacional, bem como em projetos pessoais. Michaël vai receber uma bolsa de 8.000€ e ainda um empréstimo de uma câmara de vídeo da Canon e duas objetivas de cinema, com o objetivo de realizar um documentário curto intitulado Bangui la coquette, que analisa a organização do Miss Central African Republic. A versão final deste documentário será apresentada no festival de 2021.

Exposição: The Pandemic

Um trabalho coletivo, intitulado The Pandemic, apresentará imagens de fotógrafos de todo o mundo que documentaram a maior pandemia dos tempos modernos e a maior história do ano – o COVID-19. A exposição coletiva inclui uma imagem da poderosa e íntima reportagem de Fabio Bucciarelli para o The New York Times e terá lugar no Couvent des Minimes em Perpignan e também online, facilmente acessível através do Canon Digital Lounge.

Para mais detalhes sobre o envolvimento da Canon no Visa pour l’Image, por favor visite:

https://www.canon.pt/pro/events/visa-pour-l-image/

os utilizadores registados podem aceder ao Canon Digital Lounge através do website do Visa pour l’image:
www.visapourlimage.com