Canon é a única empresa no Top 5 do ranking de patentes dos EUA há 35 anos consecutivos – e a primeira empresa japonesa há 16 anos

Lisboa, Portugal, 12 de janeiro de 2021 – A Canon Inc. ficou em terceiro lugar no ranking do número de patentes atribuídas nos EUA em 2020, tornando-se na única empresa no mundo a constar no Top 5 por 35 anos consecutivos, de acordo com a última classificação de resultados de patentes preliminares, emitida pelo IFI CLAIMS Patent Services. Para além disso, a Canon ficou uma vez mais em primeiro lugar entre as empresas japonesas.

A Canon promove ativamente a globalização do seu negócio e atribui grande importância à obtenção de patentes no estrangeiro, aderindo cuidadosamente a uma estratégia de registo que procura patentes em países e regiões essenciais, ao mesmo tempo que tem em consideração as estratégias de negócio bem como as tendências de tecnologia e produtos específicas de cada local. Destacam-se os Estados Unidos da América, com muitas das suas empresas de alta tecnologia e mercado de grande escala, que representam uma região particularmente importante em termos de expansão de negócio e alianças tecnológicas.

Ranking de patentes da Canon US 2005-2020

Ano

Ranking Global

Ranking entre empresas japonesas

Nº de Patentes

2020

3.226

2019

3.548

2018

3.051

2017

3.284

2016

1º

3.662

2015

1º

4.127

2014

4.048

2013

3.820

2012

3.173

2011

2.818

2010

2.551

2009

2.200

2008

2.107

2007

1.983

2006

2.368

2005

1.829

Nota: O número de patentes de 2020 é baseado em números divulgados pelo IFI CLAIMS Patent Services. Os números de 2005 a 2019 baseiam-se em informações emitidas pelo United States Patent and Trademark Office.

A Canon promove a aquisição e utilização de direitos de propriedade intelectual, não apenas para as tecnologias fundamentais necessárias para os produtos com tecnologia de ponta, mas também para tecnologias como a comunicação wireless e de compressão de imagem partilhadas pela infraestrutura social de próxima geração. Para além da aquisição de patentes, a partir de maio de 2020 a Canon aderiu à COVID-19 Countermeasure Declaration como membro fundador, a fim de ajudar a deter a propagação da pandemia de COVID-19. De acordo com esta declaração, a Canon comprometeu-se a não fazer cumprir os seus direitos de propriedade intelectual contra o desenvolvimento, fabrico e outras atividades cujo objetivo seja impedir a disseminação do COVID-19.

A Canon contribui para a criação de tecnologia que serve a sociedade através da oferta contínua de produtos ainda melhores, de maior conveniência, e ainda contribuindo para o desenvolvimento da produção.