CANON E CLIMATEPARTNER CELEBRAM 10º ANIVERSÁRIO DA SUA PARCERIA PARA A PROTEÇÃO CLIMÁTICA

Lisboa, Portugal, 22 de julho de 2020 – A Canon Europa celebra o 10º aniversário da sua parceria de sucesso com a ClimatePartner, fornecedora internacional de soluções para a proteção climática, que permite à Canon oferecer papel neutro em carbono aos seus clientes de produtos de papel de escritório e folha solta. Como parte da sua responsabilidade global de proporcionar os produtos da mais elevada qualidade e conduzir o negócio de forma ecológica e envolvida com a comunidade, a Canon e a ClimatePartner ajudam os clientes a reduzir os gases com efeito de estufa e contribuem de forma significativa para a luta contra o aquecimento global. Desde o primeiro projeto no qual colaboraram já foi possível compensar cerca de 34 toneladas de CO2, através do papel neutro em carbono da Canon. Só no ano passado, a Canon Europa compensou aproximadamente 6 toneladas de CO2.

A Canon Europa celebra o decimo aniversário da sua oferta de papel de escritório neutro em carbono, em cooperação com a ClimatePartner

A Canon Europa compensou mais de 34 toneladas de CO2 na última década

Graças à parceria, a Canon Europe Imaging Supplies – a divisão da Canon que oferece meios de impressão e outros consumíveis para todas as aplicações no mercado – pode oferecer aos seus clientes produtos de papel de escritório e folha solta com pegada de carbono nula. Isto é possível através do equilíbrio entre as emissões de carbono e medidas que  pretendem reduzir ou evitar, e ainda através da compensação das emissões restantes. Estes produtos de papel neutros em carbono cobrem uma ampla variedade de aplicações de impressão:

  • Black Label Zero – para utilização quotidiana
  • Top Colour Zero – para impressões de alta qualidade
  • Recycled White Zero – para clientes ecológicos que desejam obter, num só, papel reciclado e com compensação de CO2
  • Orange Label Zero – lançada em 2018, a opção neutra para revendedores selecionados da Canon e seus clientes

As emissões de carbono durante todo o ciclo de vida destas opções de materiais, desde a floresta à fábrica de papel à entrega, são totalmente compensadas através da combinação de uma utilização eficiente dos recursos na fábrica, onde são produzidos através da substituição de combustíveis fósseis, e com o apoio de um projeto certificado de compensação de carbono. Este conceito é ainda complementado por outras medidas, como a oferta de materiais reciclados ou reutilizados para minimizar a necessidade de recursos novos.

Os clientes com consciência climática podem contribuir para a proteção climática de forma visível e mensurável – como? Através da aquisição de produtos com um ID ClimatePartner, que pode ser encontrado nos produtos de papel Zero da Canon e garante a neutralidade de carbono e a compensação de carbono certificada. Comprando este papel, terá acesso a cálculos atualizados das emissões de CO2 do produto, bem como a detalhes dos projetos certificados que são apoiados pela compensação das emissões impossíveis de evitar.

A Canon também ajuda com desenvolvimento sustentável em países envolvidos em projetos de compensação de carbono, por exemplo melhorando o abastecimento de água potável limpa, expandindo as infraestruturas locais, criando emprego ou protegendo a biodiversidade. Entre os muitos projetos que a empresa tem vindo a apoiar, só a preservação florestal em Pará, Brasília, compensou até à data quase 24 toneladas de CO2. O projeto protege 90 mil hectares de floresta e proíbe o abate de árvores para fins comerciais, ajudando a criar fontes de rendimento alternativas para 94 famílias residentes na área.

Maurice Pardoel, Director Product Line Management da Canon Europe Imaging Supplies: “A ClimatePartner é uma das pioneiras e líderes no mercado internacional em termos de proteção climática corporativa e, através desta parceria, somos capazes de oferecer aos nossos clientes uma solução certificada que ajuda a minimizar a sua pegada de carbono, ao mesmo tempo que apoia valiosos projetos de desenvolvimento que fazem a diferença para muitas pessoas. Utilizar o código ID nas embalagens dos nossos produtos de papel Zero proporciona uma recordação visível dos nossos esforços de compensação de carbono. E esta transparência – uma das bases da nossa parceria – é muito importante para a Canon, já que nos permite demonstrar aos clientes o nosso compromisso para com a sustentabilidade.”

A Canon apresentou os seus produtos de papel de escritório neutro em carbono pela primeira vez em 2010, à sua base de clientes na Áustria. O objetivo inicial era expandir as atividades e medidas de proteção climática e sustentabilidade no âmbito da estratégia climática global da empresa, bem como complementar o seu portefólio “sustentável” de impressoras e outros equipamentos de escritório, para além das iniciativas de exploração florestal responsável.

Pardoel acrescenta, “Na Canon atuamos de acordo com a filosofia Kyosei, uma palavra Japonesa que significa ‘viver e trabalhar em conjunto para o bem comum’. O ‘bem comum’ é definido pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas, que proporcionam um enquadramento para que a Canon possa gerir o seu impacto social e ambiental. A neutralidade climática tem sido uma parte vital da nossa abrangente estratégia de sustentabilidade já há mais de uma década. À medida que olhamos para o futuro e o desenvolvimento de práticas mais sustentáveis, ela continuará a desempenhar um papel crucial na nossa estratégia corporativa.”

Moritz Lehmkuhl, Founder e CEO da ClimatePartner, complementa estas declarações: “Estamos muito felizes por celebrar esta parceria de longa data com a Canon e queremos continuar a ser o melhor parceiro possível na proteção climática, oferecendo o nosso apoio, aconselhamento e conhecimento à empresa e aos seus clientes. O décimo aniversário da nossa parceria demonstra como a proteção do clima continua a ser uma prioridade de topo para o negócio da Canon, e vamos continuar a trabalhar em colaboração com a equipa para prolongar este sucesso, com impacto positivo tanto no ambiente como no clima.”