Snow-covered trees reflected in the clear water of a lake in Banff National Park. Photograph by Vladimir Medvedev.

FOTOGRAFIA DE INVERNO

Congele o momento: como tirar melhores fotografias de inverno

Imagens dramáticas do céu, luzes discretas criadas pela baixa posição do sol no céu, contornos rígidos suavizados por uma espessa camada de neve imaculada... As oportunidades para tirar fotografias marcantes e deslumbrantes nesta altura do ano são infinitas.

O Embaixador da Canon Vladimir Medvedev é um dos melhores fotógrafos de vida selvagem e paisagem da Rússia, pelo que já está habituado a trabalhar em condições de frio. Fortemente inspirada na antiga fotografia nórdica, a sua carreira de 14 anos levou-o à Islândia e à Noruega, assim como do norte da Rússia até à península de Kola. A península fica quase toda no Círculo Ártico e é um dos locais mais a norte do mundo ainda acessível de carro.

"Fica tão a norte que o sol nasce apenas por breves instantes e nunca sobe, o que cria uma atmosfera muito especial e sombria", afirma o Vladimir. "Também é um pouco húmida e, por isso, a geada forma-se nas árvores. Fotografar na região é um verdadeiro prazer, apesar de ser difícil lá chegar."

No entanto, não tem de fazer uma expedição polar para aproveitar ao máximo esta época mágica do ano. Neste artigo, o Vladimir partilha as suas melhores sugestões para fotografar paisagens de inverno onde quer que esteja.

1. Fotografe nas condições
que a estação proporciona

Snow-covered trees glow pink with the light of the setting sun, as the river snakes through the snow in Banff National Park.
Tirada com a
  • f/9.0
  • 1/80
  • 400
A baixa posição do sol no céu cria luzes mais suaves nesta altura do ano. "Oferece um toque bastante apelativo às fotografias", afirma o Vladimir. "A neve acaba por refletir alguma da luz, por isso, mesmo quando o sol está mais alto do que gostaria, as sombras não são tão acentuadas como seriam no verão."
© Vladimir Medvedev – Embaixador da Canon

"Na fotografia de inverno, particularmente nas fotografias com neve, nunca está mau tempo", afirma o Vladimir. "Todas as condições que tenha de enfrentar são, de certa forma, ideais. Assim, mesmo que haja muita neve e que sinta que o sol não irá aparecer, experimente ver o que acontece. Muitas vezes, é desta forma que os milagres acontecem."

O equipamento moderno está mais do que à altura do desafio criado pelas condições de frio. "As câmaras atuais conseguem produzir excelentes resultados em tempo frio. A única condição é que tem de levar mais baterias consigo, pois perdem a carga muito mais depressa no frio. A qualidade oferecida atualmente pelas câmaras compactas topo de gama, como a Canon PowerShot G7 X Mark III, é absolutamente deslumbrante. No entanto, não é apenas o equipamento que faz a fotografia, mas também o fotógrafo."

2. Certifique-se de que obtém a exposição correta para a neve brilhante

Mist-shrouded mountain peaks covered in snow with pine trees at their feet in Banff National Park.
Tirada com a
  • f/8
  • 1/500
  • 200
"Nas fotografias de inverno, toda a gama dinâmica das fotografias é ligeiramente comprimida em comparação com as fotografias de verão", afirma o Vladimir, pelo que recomenda aplicar uma ligeira sobre-exposição para conseguir uma imagem mais próxima daquilo que o olho humano vê. "A minha seleção de ISO depende do tipo de dia que está. Se estiver a fotografar ao crepúsculo, teria de a aumentar. No entanto, se houver muita luz à volta, posso defini-la para 100."
© Vladimir Medvedev – Embaixador da Canon

Desde as camadas ligeiras aos mantos profundos, a neve é fundamental para a fotografia de inverno. Assim, é essencial certificar-se de que obtém a exposição correta para os brancos brilhantes que, noutras condições, estariam envoltos em pouca luz e que, frequentemente, se fazem acompanhar de céus cinzentos. "O principal aspeto a ter em conta são as fotografias com muito branco", afirma o Vladimir. "Tem de garantir que não perde os detalhes e as altas-luzes, mantendo a imagem o mais brilhante possível."

Se optar por fotografar no modo de prioridade à abertura, ou Av, que permite definir um valor de abertura específico enquanto a câmara seleciona a velocidade do obturador correspondente, o Vladimir aconselha que preste especial atenção à exposição. "Eu utilizaria alguma sobre-exposição. Caso contrário, especialmente na neve, as coisas podem ficar mais cinzentas e monótonas do que deveriam", afirma, uma vez que a câmara pode ser enganada pelo reflexo da neve e reduzir a exposição.

3. Utilize cenas com neve para fazer experiências com a composição

A view looking up at a stand of pine trees covered in snow.
Tirada com a
  • f/14.0
  • 1.3
  • 100
Sempre que possível e desde que haja luz suficiente, o Vladimir prefere fotografar sem tripé. "Isto permite-me fazer mais experiências e mover-me para encontrar ângulos melhores e fora do comum", explica.
© Vladimir Medvedev – Embaixador da Canon

"Geralmente, o inverno é a melhor altura para fazer experiências", afirma o Vladimir. "Recomendo fazer experiências com as definições e as várias exposições. Às vezes, quando as pessoas fotografam durante o inverno pela primeira vez, as fotografias podem parecer subexpostas e pouco emocionantes. Talvez valha a pena aplicar alguma sobre-exposição de propósito e ver como os detalhes desnecessários desaparecem. Irá reparar que alguns contornos parecem mais proeminentes, como árvores ou montanhas."

Quando uma paisagem está escondida por baixo de um forte nevão, "a composição é mais minimalista e apelativa ao olhar", afirma. "Às vezes, há tanta neve que pode ser difícil ver onde está o horizonte, o que lhe dá ainda mais liberdade criativa para compor a fotografia como desejar."

Se houver luz suficiente, o Vladimir prefere fotografar sem tripé. "Isto permite-me mover-me para encontrar ângulos diferentes", explica. "Muitas vezes, estou disposto a sacrificar a qualidade que conseguiria com uma exposição mais longa utilizando um tripé para ter a liberdade criativa."

4. Utilize objetivas grande-angular para captar o céu no inverno

The sunset above a crisp white snow-covered landscape turns the sky shades of pink and purple.
Tirada com a
  • f/5.6
  • 1/100
  • 400
O inverno produz imagens dramáticas do céu que podem melhorar a dinâmica em fotografias com neve. "As objetivas grande-angular ou ultra-angular realçam o efeito dramático do céu no inverno", afirma o Vladimir.
© Vladimir Medvedev – Embaixador da Canon

Para captar mais das cores vivas que preenchem o céu nesta estação, o Vladimir utiliza objetivas grande-angular. Ao fotografar com a Canon EOS 5D Mark III ou com a Canon EOS R, as suas objetivas favoritas são a Canon EF 16-35mm f/2.8L III USM e a Canon EF 11-24mm f/4L USM. Além destas, também recomenda a objetiva Canon EF 16-35mm f/4L IS USM.

"Também gosto de fotografar com uma objetiva olho de peixe, a Canon EF 8-15mm f/4L Fisheye USM, não tanto pelo efeito de olho de peixe, mas pela perspetiva que oferece", acrescenta o Vladimir. "Se a configurar de forma a que o horizonte fique alinhado e mesmo no centro, pode recortar um pouco a imagem para eliminar a distorção do efeito de olho de peixe, mas a nova perspetiva permanece, o que é bastante impressionante."

A objetiva de zoom ultra-angular Canon EF-S 10-22mm f/3.5-4.5 USM é excecionalmente compacta e leve, tornando-se ideal para paisagens quando combinada com uma câmara leve e portátil com um sensor de tamanho APS-C, como a Canon EOS 250D.

Uma câmara compacta oferece ainda mais portabilidade e comodidade. A Canon PowerShot G7 X Mark III tem um zoom grande-angular de 24 mm e 4,2x incorporado num corpo compacto que pode colocar no bolso de um casaco e transportar para qualquer lado.

5. A fotografia de inverno começa à porta de casa

Não precisa de percorrer quilómetros para encontrar paisagens de inverno espetaculares. Irá encontrar cenas deslumbrantes desta estação perto de casa.
© Vladimir Medvedev – Embaixador da Canon

Não precisa de viajar para norte para tirar fotografias de inverno. Talvez não encontre manadas de renas, huskies a puxar trenós ou a aurora boreal, mas as fotografias sazonais podem ser tiradas mais perto de casa. Aventurar-se quando neva perto de casa ou durante as férias é uma excelente oportunidade para praticar, sabendo que pode voltar para temperaturas mais quentes quando ficar demasiado frio. "Faz sentido tentar explorar o seu ambiente mais próximo. Assim, não passa tanto tempo no frio", afirma o Vladimir. "Neste contexto, passa a ter consciência do tipo de ambiente que existe antes de sair para uma sessão mais longa."

Vladimir pôs esta sugestão em prática em Snow Storm – The Story of One Day, uma série fotográfica em que passou um único dia a fotografar na neve perto de casa. "Queria mostrar a quantidade de paisagens que se podem ver com apenas um dia de fotografia. E, quando um espetador compreende o desafio de fotografar apenas num único dia, sente-se como se estivesse lá comigo."

Assim, quer tenha caído um forte nevão ou apenas se tenha formado uma pitoresca e ligeira geada lá fora, independentemente da câmara que estiver a utilizar, vista um casaco quente e saia de casa para desfrutar e captar o espetáculo do inverno perto de si!

Escrito por Lucy Fulford

Artigos relacionados
The inside of a bright blue ice cave.

FOTOGRAFIA DE INVERNO

Como fotografar em temperaturas baixas

As condições abaixo de zero graus são suscetíveis de danificar a câmara, pelo que deverá seguir estas sugestões de profissionais para fotografar na neve e no gelo.

A snowboarder walks through the snow. away from the camera, with his snowboard under his arm.

AR LIVRE

Dicas e sugestões para fotografar durante as férias de inverno

O fotógrafo profissional de desportos Richard Walch partilha as suas sugestões de especialista para o ajudar a conseguir melhores fotografias de inverno, desde a escolha da câmara até às melhores definições.

A child in a warm winter coat sits on a stepladder in a garden, entertained by its parents.

FOTOGRAFIA DE FAMÍLIA

As 10 principais sugestões da Lena Petrova para fotografias de Natal

Capte o espírito natalício com as 10 sugestões desta fotógrafa de família para obter retratos divertidos e naturais.

Produtos relacionados

Artigos relacionados



A secção Inspirar-se é a sua principal fonte de dicas de fotografia úteis, guias de compras e entrevistas profundas: tudo aquilo de que necessita para encontrar a melhor câmara ou impressora e dar vida à sua próxima ideia criativa.

Voltar a todas as sugestões e técnicas