Canon alcança o top cinco no ranking de patentes dos EUA pelo 32º ano consecutivo e o primeiro lugar entre as empresas japonesas pelo 13º ano consecutivo

Lisboa, 18 de janeiro de 2018 – A Canon Inc. está em 3º lugar no ranking de patentes concedidas nos EUA em 2017, tornando-se a única empresa no mundo que se manteve no top cinco durante 32 anos consecutivos, de acordo com a mais recente classificação emitida pela IFI CLAIMS Patent Services. Além disso, a Canon posicionou-se novamente em primeiro lugar entre as empresas Japonesas.

A Canon promove ativamente a globalização do seu negócio e atribui grande importância na obtenção de patentes no estrangeiro, aderindo cuidadosamente a uma estratégia de registo de patentes em países e regiões relevantes tendo em conta as estratégias de negócio e as tendências de produto e de tecnologia específicas de cada região. Entre estes, os Estados Unidos, com as grandes tecnológicas e a larga quota de mercado, representa uma região particularmente importante em termos de expansão de negócio e alianças tecnológicas.

Canon - classificações de patente dos EU 2005–2017

Ano Classificação Geral Classificação entre as empresas japonesas Nº de patentes
2017 3.º 1.º 3,285
2016 3.º 1.º 3,665
2015 3.º 1.º 4,127
2014 3.º 1.º 4,048
2013 3.º 1.º 3,820
2012 3.º 1.º 3,173
2011 3.º 1.º 2,818
2010 4.º 1.º 2,551
2009 4.º 1.º 2,200
2008 3.º 1.º 2,107
2007 3.º 1.º 1,983
2006 3.º 1.º 2,366
2005 2.º 1.º 1,829

Nota: O número de patentes para 2016 e 2017 baseiam-se em valores divulgados pela IFI CLAIMS Patent Services. Os valores de 2005 a 2015 baseiam-se na informação divulgada pelo Departamento de Patentes e Marcas Registadas dos Estados Unidos.

A Canon valoriza o seu ADN empresarial ao atribuir elevada prioridade à tecnologia. Em relação aos resultados de investigação e desenvolvimento, a empresa promove ativamente a aquisição de direitos de patentes, de acordo com a direção do Grupo Canon e com as tendências tecnológicas, enquanto conduzem detalhadamente pesquisas para elevar a qualidade das aplicações. Através de uma estreita cooperação entre as divisões de tecnologia e de propriedade intelectual, a empresa tem como objetivo melhorar as suas capacidades tecnológicas enquanto reforça os seus direitos de propriedade intelectual.