Canon procura os melhores contadores de histórias no fotojornalismo no Visa pour l’image 2022

Lisboa, Portugal, 15 de março de 2022 – A Canon Europa anuncia hoje o lançamento das suas bolsas anuais de fotojornalismo, em busca de fotógrafos e videógrafos profissionais que se destaquem. Para promover o que há de melhor no storytelling, a Bolsa Canon para Fotojornalistas Femininas distingue uma fotógrafa excecional pela sua contribuição para o fotojornalismo; e a Bolsa de Vídeo Canon reconhece quem deseja sensibilizar para uma questão social, cultural ou económica sob a forma de documentário. Organizadas em conjunto com o Visa pour l'image, um dos principais festivais de fotojornalismo do mundo, ambas as bolsas oferecem aos vencedores o financiamento dos projetos, bem como uma plataforma onde podem ser vistos e ouvidos. Os vencedores serão apresentados oficialmente no festival deste ano, que decorre em setembro em Perpignan, França, sendo os seus trabalhos apresentados no ano seguinte.

Bolsa de Vídeo Canon 

Pelo terceiro ano, a Bolsa de Vídeo Canon celebra a conceção criativa de documentários, reconhecendo os melhores talentos emergentes na videografia. O vencedor será selecionado por um júri composto por figuras profissionais do mundo da fotografia, em junho, e receberá uma bolsa de 8.000€ e o empréstimo de um kit da Canon para apoiar a produção de um documentário em curta-metragem. As candidaturas serão avaliadas pela apresentação, relevância e originalidade do projeto.

A vencedora do ano passado, Camille Millerand, utilizou o prémio para trabalhar no seu projeto “The Invisibles”, com foco nos trabalhadores ilegais que são parte essencial da atividade económica em França. Também recebeu o empréstimo de equipamento profissional e pioneiro de vídeo da Canon, e o seu documentário será exibido no festival deste ano.

O melhor do fotojornalismo feminino 

Pelo 22º ano consecutivo, a Canon e a Images Evidence oferecem a Bolsa Canon para Fotojornalistas Femininas a uma fotógrafa que se destaque pela sua contribuição para o fotojornalismo – ser-lhe-ão atribuídos 8.000€, como forma de apoio ao longo do seu projeto com a duração de um ano, até à exibição no ano seguinte.

A vencedora de 2021, Acacia Johnson, recebeu o prémio para realizar o seu projeto no Alaska – “To Know The Earth from Above: The Bush Pilots Connecting Rural Alaska”. Atualmente, apenas 20% daquele estado americano é acessível por estrada, e dezenas das suas povoações remotas, em grande parte comunidades nativas, dependem de aviões para serviços essenciais, incluindo alimentação, assistência médica e transporte de emergência. A começar pela sua cidade natal de Anchorage, o prémio permitiu que Acacia Johnson colocasse a comunidade em destaque através de retratos de grande formato dos pilotos com os seus aviões e de fotografias aéreas da paisagem do Alaska. Acacia Johnson apresentará o seu trabalho no Visa pour l'image 2022.

As vencedoras anteriores desta bolsa receberam financiamento, apoio e divulgação, para além de se tornarem numa fonte de inspiração para outras profissionais femininas na indústria.

Acacia Johnson, vecedora da bolsa de 2021, comenta: “Senti-me honrada por receber a Bolsa Canon para Fotojornalistas Femininas 2021. O prémio monetário possibilitou-me despender tempo, energia e criatividade num projeto mais lento e aprofundado, com a esperança de que seja uma contribuição duradoura para a minha comunidade. Se estão a pensar candidatar-se, encorajo a que o façam – esta bolsa pode fazer a mudança numa carreira. Permitiu-me realizar um projeto que sonhava há muito tempo.”

As candidaturas para as duas bolsas estão agora abertas e encerram a 17 de maio.

Para mais informações sobre a Bolsa Canon para Fotojornalistas Femininas, visite:

https://www.visapourlimage.com/en/festival/awards-and-grants/bourse-canon-de-la-femme-photojournaliste

Para mais informações sobre a Bolsa Vídeo Canon, visite:

https://www.visapourlimage.com/en/festival/awards-and-grants/bourse-canon-du-documentaire-video-court-metrage