Photographer Tom Bing on a beach taking a picture of a surfer holding her board.

FOTOGRAFIA AO AR LIVRE

De ondas a atividades sobre rodas: como captar passatempos de grande ação de forma criativa

Um ávido surfista e motociclista, o Tom Bing é tão apaixonado por estes passatempos de alta velocidade como os motivos que fotografa. Conheceu a sua esposa, Sally, também uma surfista experiente, numa escola de arte. Juntos, passaram 12 meses a viajar de mota de Santiago a São Francisco com as suas pranchas de surf. Agora, mudaram-se para Tynemouth, no nordeste de Inglaterra, um local de surf conhecido pelas suas praias douradas e mares frios.

O Tom conta que o seu falecido avô, que adorava navegar e pescar no mar, também ajudou a despertar o seu interesse pela fotografia. "O meu avô adorava fotografia e tinha uma câmara escura em casa para revelar fotografias. Ainda tenho algumas das suas câmaras antigas", afirma o Tom. "Foi por causa dele que pensei que poderia documentar e captar momentos para mim e para outras pessoas."

Agora, como fotógrafo profissional, o Tom especializa-se em surf e em corridas de motocrosse, o que o leva a trabalhar na sua praia local e por todo o mundo. A sua paixão passou a ser documentar as comunidades, a liberdade e a diversão inerentes a estes passatempos.

Neste artigo, o fotógrafo partilha a sua abordagem, técnicas e sugestões para captar passatempos ao ar livre com um toque criativo.

Capte a ação e a atmosfera: as sugestões do Tom Bing

1. Adapte o seu kit à atividade

Leve, portátil e repleta de capacidades: a Canon EOS M6 Mark II foi a ferramenta perfeita para captar este corredor de trilhos, permitindo que o Tom acompanhasse a ação.

O Tom tem utilizado a Canon EOS 90D com a objetiva Canon EF 70-300mm f/4-5.6L IS II USM, uma combinação ideal para captar vida selvagem e desportos em movimento rápido, com funcionalidades desde disparo contínuo de 10 fps a 45 pontos de focagem automática de tipo cruzado.

Ao andar de mota ou fazer caminhadas em locais de difícil acesso, também utiliza a Canon EOS M6 Mark II, uma câmara mirrorless mais leve e compacta, com as objetivas Canon EF-M 55-200mm f/4.5-6.3 IS STM e Canon EF-M 32mm f/1.4 STM. O Tom afirma que "as câmaras mirrorless permitem incluir muito mais num formato mais compacto", o que é perfeito quando precisa de viajar com pouco equipamento.

Quando estiver no terreno, o Tom aconselha que seja realista em relação ao que necessita de transportar. "Talvez não necessite de 10 objetivas consigo, mas apenas de duas que lhe permitam fazer aquilo de que realmente necessita", afirma.

Para cenas de ação muito rápida, o visor ótico de uma DSLR pode permitir-lhe acompanhar o ritmo sem o pequeno atraso associado ao visor eletrónico de uma câmara mirrorless. No entanto, em termos de qualidade de imagem, acrescenta: "Penso que as câmaras mirrorless são igualmente boas."

2. Deixe-se envolver pela ação

Compreender a atividade que está a fotografar ajuda-o a antecipar a ação e a estar a postos para a captar. Mesmo algo tão simples como saber qual a direção que um piloto prefere tomar num caminho lamacento, que a sua própria experiência lhe poderá ensinar, pode fazer toda a diferença entre tirar a fotografia e perder o momento.

"Sempre me senti inspirado pelo James Nachtwey e pelo Don McCullin – ambos fotojornalistas – e por aquele estilo de documentário da fotografia. Adorava o facto de se envolverem nas histórias que estavam a captar", afirma o Tom, que pretende transmitir a emoção e o entusiasmo de participar em atividades e não apenas aquilo que parecem ser para quem observa de fora.

"Antes de sequer pegar na câmara, compreenda a cultura do que está a fotografar", afirma. "Se conhece a sensação de andar de mota por uma reserva deslumbrante, sabe o que está a tentar captar e em que milissegundo deve premir o obturador", conta.

Ao nível puramente prático, se souber pela sua própria experiência como ler as condições de surf, por exemplo, pode antecipar onde a ação vai acontecer e estar em posição, sempre pronto a disparar. "Quando a ação começa, não há volta a dar", afirma o Tom, "e é incrível conseguir saber onde e quando estar a postos."

3. Congele a ação

Saiba como dominar a velocidade do obturador e como isto se relaciona com o ISO e a abertura para captar a ação e a atmosfera na perfeição.

"Fotografo constantemente no modo de sequência de disparos", afirma o Tom. "Para a fotografia de ação, isto é fundamental porque as expressões faciais mudam muito rapidamente e não podemos esperar que seja possível captar isso em apenas um disparo se alguém estiver a passar pelo enquadramento. São necessários cerca de 10 disparos."

A Canon EOS M6 Mark II ajuda com a capacidade de fotografar a 14 fps, oferecendo ainda a vantagem adicional de um acompanhamento de focagem automática contínua extremamente nítida. Quando a velocidade é essencial, permite captar até mesmo ficheiros RAW a uns incríveis 30 fps, com focagem contínua, num modo de disparo RAW recortado de 18 MP.

Além disso, a Canon EOS 90D inclui um intervalo maior de velocidades de obturação de até 1/8000 s ou até 1/16000 s com um obturador eletrónico, em comparação com o valor máximo de 1/4000 s da EOS M6 Mark II. Isto garante-lhe maiores hipóteses de conseguir congelar o movimento rápido e o visor ótico permite-lhe acompanhar a ação sem até mesmo o pequeno atraso associado aos melhores visores eletrónicos.

4. Dê asas à criatividade

Seja criativo e explore composições invulgares, como esta, para conseguir fotografias mais intrigantes.

Perspetivas invulgares, o efeito de "panning", silhuetas e jogar com a profundidade de campo são algumas das técnicas que o Tom utiliza para ser criativo e transmitir o que o seu motivo poderá estar a sentir na pista ou na água.

"O contexto pode ser tudo e, se não conseguir aproximar-me da ação, mas conseguir dar um passo atrás e captar a cena mais ampla, isso pode resultar, por vezes, numa imagem com maior impacto", afirma. "Fotografo [também] em direção ao sol porque adoro jogar com as imperfeições inerentes que surgem como resultado. Talvez transmita melhor o que a pessoa está a sentir."

Entre as funcionalidades que ajudam a impulsionar a sua criatividade na Canon EOS M6 Mark II incluem-se o visor eletrónico amovível e o ecrã tátil rotativo, ambos inestimáveis para composições criativas e momentos complicados em ângulos baixos.

5. Não se resume apenas à ação

Experimente diferentes estilos de fotografia e dedique algum tempo a explorar todos os aspetos de uma atividade, bem como a captar a ação.

Tal como muitas outras pessoas na comunidade do surf, a paixão do Tom não se limita ao seu passatempo, mas também ao ar livre, ao oceano e à região onde vive. O seu conselho é que não espere apenas pelos momentos de ação e procure captar toda a cena. Fotografe durante todo o dia e verá que conseguirá obter imagens memoráveis das pessoas e do local, bem como excelentes fotografias de ação.

"Tento documentar as coisas da forma como as vejo", afirma o Tom. "Adoro captar locais e experiências, o poder e a variedade do oceano. Enquanto surfista, adoro ver os surfistas a responder ao desafio com estilo."

Escrito por Lorna Dockerill

Artigos relacionados
A dirt bike heads towards the camera spraying muddy water in its wake.

VELOCIDADE DO OBTURADOR

Controle a velocidade do obturador

Estas 5 sugestões básicas vão ajudá-lo a dominar a velocidade do obturador para captar motivos em movimento e melhorar as suas fotografias de ação.

A snowboarder walks through the snow with his snowboard under his arm, away from the camera.

AR LIVRE

Dicas e sugestões para fotografar durante as férias de inverno

O fotógrafo profissional de desportos Richard Walch partilha as suas sugestões de especialista para o ajudar a conseguir melhores fotografias de inverno, desde a escolha da câmara até às melhores definições.

A Canadian player tackles an Irish player during a rugby match. Photo by Richard Heathcote.

FOTOGRAFIA DE DESPORTO

7 formas simples de conseguir melhores fotografias de desportos

Descubra as definições, os modos e as funcionalidades da câmara que o podem ajudar a conseguir melhores fotografias de desportos.

Produtos relacionados

Artigos relacionados



A secção Inspirar-se é a sua principal fonte de dicas de fotografia úteis, guias de compras e entrevistas profundas: tudo aquilo de que necessita para encontrar a melhor câmara ou impressora e dar vida à sua próxima ideia criativa.

Voltar a todas as sugestões e técnicas