FOCAGEM AUTOMÁTICA

Concentre-se no que mais importa

Com a sua focagem automática Dual Pixel CMOS AF II avançada, a EOS R6 identifica e acompanha motivos em movimento como nenhuma outra câmara mirrorless o fez anteriormente. A nitidez está exatamente onde é necessária e o utilizador poderá fotografar com confiança sabendo que a EOS R6 está a ter um desempenho profissional.

A focagem automática da câmara é alimentada pelo processador DIGIC X, que utiliza inteligência artificial de aprendizagem profunda para reconhecer e acompanhar os olhos, rosto, cabeça e corpo de um motivo. As pessoas mantêm a nitidez mesmo de perfil ou quando apenas um olho é visível. Adicionalmente, se o seu motivo se afastar por um momento, por exemplo, ao fotografar desportos de ritmo acelerado, a EOS R6 continua a seguir a cabeça ou o corpo para que o seu rosto fique nítido quando voltar a aproximar-se.

Ser capaz de acompanhar elementos como corpos e cabeças, e não apenas rostos, é crucial ao fotografar desportos em que os jogadores se viram subitamente de costas, como futebol ou hóquei, ou quando são obrigados a usar capacetes que ocultam parte do rosto.

Na EOS R6, esta tecnologia também inclui gatos, cães e aves, tornando o acompanhamento contínuo da focagem na fotografia da vida selvagem significativamente mais fácil.

© Wanda Martin / Canon Ambassador ® Teatro Massimo

Focagem extremamente sensível

O sistema Dual Pixel CMOS II AF da câmara é tão sensível que consegue focar em apenas 0,05 segundos3 e funcionar em níveis de luz tão escuros como -6,5EV1 que é praticamente igual à luz de uma lua crescente. A EOS R6 é a primeira EOS a ter este nível de sensibilidade, que lhe permite focar com aberturas máximas de apenas f/22, permitindo que os teleconversores sejam utilizados com objetivas de abertura relativamente estreita, incluindo as nossas super objetivas telefotográfica ultraportáteis, como a RF 800MM F11 IS STM e a RF 600MM F11 IS STM.

Variação da focagem

A EOS R6 inclui uma variação da focagem que permite aos fotógrafos criar imagens compostas focadas com muito mais profundidade de campo do que as que podem ser geradas apenas com aberturas pequenas. É uma técnica especialmente útil para imagens em grande plano ou macro, onde a profundidade de campo é naturalmente reduzida.

No modo de variação de focagem, a EOS R6 capta uma sucessão de fotogramas premindo o botão apenas uma vez, começando pela distância de focagem especificada e, em seguida, movendo-se progressivamente até ao infinito com cada disparo. Esta série de imagens pode ser "sobreposta" numa imagem composta final na pós-produção, utilizando software como o Digital Photo Professional, fornecido com a câmara.

Mulher numa pose de ballet

Excelente qualidade de imagem, em condições menos do que ideais

No centro da EOS R6, encontrará tecnologias partilhadas com a nossa câmara EOS-1D X Mark III topo de gama.

Citação

"O acompanhamento facial deu-me a confiança para acompanhar o ritmo do meu modelo e captar as suas poses dinâmicas e emotivas."

Canon Camera

Escrito por Wanda Martin

Embaixador Canon


Comportamento do acompanhamento

O comportamento da focagem automática de acompanhamento AI Servo da câmara pode ser regulado ajustando parâmetros como "sensibilidade de busca" ou "acompanhamento de aceleração/desaceleração", ou selecionando um de quatro "casos" – configurações ideais para diferentes tipos de fotografia de ação.

Por predefinição, ou para começar, atualmente a EOS R6 também inclui o caso A, que se adapta automaticamente de acordo com o movimento do motivo a fotografar.

Focagem automática da EOS R6 em ação

Fácil seleção do ponto de focagem

A área de focagem automática da EOS R6 abrange praticamente 100 por cento do fotograma2 e pode ser utilizada individualmente, por zonas ou em conjunto como uma única área de focagem com até 6072 posições selecionáveis. Também foi adicionada AF pontual, que utiliza uma área AF muito pequena para uma precisão extrema.

Os fotógrafos podem utilizar um controlo de joystick multidirecional para mover manualmente o ponto de focagem ativo ou a zona em torno do ecrã. A sensibilidade deste controlo, que é fácil de controlar com a câmara ao nível dos olhos, pode ser ajustada para um de três níveis de acordo com as suas preferências pessoais.

Em alternativa, o ecrã tátil da câmara pode ser utilizado para definir a posição do ponto de focagem ativo. Para isso, basta tocar ou arrastar ao fotografar no modo de visualização direta ou utilizar a tecnologia Touch & Drag quando a câmara estiver ao nível dos olhos.

Artigos relacionados

Explore estes artigos para descobrir como a Canon EOS R6 se distingue em tantas áreas.

  • Javier Cortes a captar movimentos de dança com a EOS R6

    VÍDEO HÍBRIDO

    Uma câmara para fotografias e vídeo

    Juntamente com fotografias de excelente qualidade, a EOS R6 produz vídeo excecional.

  • atuação de ballet com o mar como cenário de fundo

    QUALIDADE E ESTABILIZAÇÃO DE IMAGEM

    Excelente qualidade de imagem, em condições menos do que ideais

    No centro da EOS R6, encontrará tecnologias partilhadas com a nossa câmara EOS-1D X Mark lll topo de gama.

  • Um homem numa pose de ballet

    VELOCIDADE

    EOS R6: disparo contínuo e silencioso

    Utilize a EOS R6 para fotografar de forma contínua e silenciosa com até uns impressionantes 20 fotogramas por segundo.

  • Fotógrafo a ajustar a Canon EOS R6 para tirar uma fotografia

    MANUSEAMENTO E CONETIVIDADE

    Concebido pela Canon, para si

    O design da EOS R6 será bastante familiar desde o primeiro momento.

    1. Durante a captação de fotografias, com uma objetiva f/1.2, ponto AF central, One-Shot AF, a 23 °C/73 °F, ISO100. Excluindo objetivas RF com revestimento Defocus Smoothing
    2. 100% na horizontal x 100%na vertical (máximo aprox.) de cobertura da área AF, aplicável quando a moldura do motivo é apresentada ao utilizar o modo AF Rosto+Localizar ativo e objetivas RF (exceto RF600mm F11 IS STM/RF800mm F11 IS STM e extensor RF), objetivas EF (excluindo alguns produtos atuais), EXTENSOR EF (III) (depende do modo de área AF da objetiva principal). Algumas cenas e motivos podem não ser aplicáveis. Para obter mais informações sobre as objetivas compatíveis, consulte o site de assistência oficial da Canon.
    3. A velocidade de focagem AF mais rápida do mundo de 0,05 segundos entre câmaras mirrorless digitais de objetiva intermutável que incorporam sensores de imagem equivalentes a Full-Frame de 35mm com AF de deteção de diferença de fase no plano da imagem e AF de deteção de contraste. A velocidade AF da EOS R6 é a mesma que a da EOS R, EOS RP e EOS R5. Disponível no mercado a partir de 9 de julho de 2020. (Com base em estudos realizados pela Canon). Calculado com base na velocidade AF resultante, medida de acordo com as diretivas CIPA. (Varia consoante as condições de disparo e as objetivas utilizadas.) Método de medição interna. [Condições de medição] Luminosidade da focagem: EV 12 (temperatura ambiente, ISO 100), modo de disparo: M, objetiva utilizada: RF24-105mm F4L IS USM (a uma distância focal de 24 mm), captação de fotografias com funcionamento do botão do obturador, método AF: AF de 1 ponto (com ponto AF central), operação AF: One-Shot AF