FOTOGRAFIA DE COMIDA

Entrar no mundo da fotografia de comida: como tornar-se profissional

A fotógrafa de comida e Embaixadora da Canon Yasmin Albatoul explica como desenvolveu a sua carreira e fornece sugestões para aspirantes a fotógrafos.
Canon Camera
A fotografia de comida continua a ser tão popular como sempre, estando presente em milhões de feeds do Instagram todos os dias. Mas com tanto conteúdo disponível, é cada vez mais difícil para os fotógrafos de comida se destacarem. Descubra como pode tornar até os pratos mais simples criados em casa dignos de uma estrela Michelin.

Uma fotógrafa que passou com êxito de amadora a profissional é a Embaixadora da Canon Yasmin Albatoul. Autodidata e residente em Batna, Argélia, Yasmin tem um estilo instantaneamente reconhecível, utilizando movimento e energia para conferir destaque às suas fotografias. "O que acho mais interessante é o desafio de transformar algo normal, algo que vemos todos os dias, como comida, em algo bonito e artístico", afirma.

Yasmin tirou fotografias na sua adolescência, inspiradas nos catálogos de design de interiores franceses do seu avô. "Alguns tinham mais de 4000 páginas e eu passava muito tempo a folheá-los, desejando poder tirar aqueles tipos de fotografias."

Alguns anos mais tarde, Yasmin passou para as redes sociais, utilizando os tutoriais do YouTube para saber familiarizar-se com os controlos manuais da sua Canon EOS 600D (agora substituída pela Canon EOS 850D). À medida que a sua experiência aumentou, também os seus seguidores aumentaram, e rapidamente se tornou uma fotógrafa de comida profissional completa. Hoje, conta com quase 50 000 seguidores no Instagram e muitas comissões profissionais.

Yasmin está numa ótima posição para refletir sobre as suas conquistas e revela aqui as principais lições que aprendeu no caminho para o sucesso.

1. Experimente diferentes técnicas

Dois copos de líquido rosa vivo com pétalas a flutuar. O líquido é vertido a partir de cima, provocando salpicos num dos copos.

Yasmin partilha que a chave para o seu sucesso online foi encontrar um estilo único e impressionante, o que a ajudou a destacar-se. Tirada com uma Canon EOS R com uma objetiva RF 24-105mm F4L IS USM a 85 mm, 1/200 seg., f/4 e ISO 100. © Yasmin AlBatoul

Um prato de churros numa mesa, um deles mergulhado numa tigela com calda de chocolate e outro a flutuar acima da tigela.

Focar uma área específica ou um motivo na fotografia de comida permite uma maior criatividade. Tirada com uma Canon EOS 5D Mark IV com uma objetiva EF 100mm f/2.8L Macro IS USM a 1/200 seg., f/6.3 e ISO 250. © Yasmin AlBatoul

Para criar o seu próprio estilo, Yasmin incentiva a experimentação.

"Acho sempre intrigante quando fotógrafos profissionais utilizam técnicas pouco convencionais", explica. "Pessoalmente, gosto de utilizar velocidades de obturador rápidas para fotografar objetos voadores ou gotas de água, criando efeitos interessantes no fundo. Esta foi uma das primeiras técnicas que aprendi quando comecei com o modo manual." A pintura com luzes é outro truque que Yasmin já utiliza desde que era amadora. "Quando feito com controlo, pode adicionar um toque artístico bonito a uma imagem", afirma.

Para os fotógrafos que pretendem captar movimento como Yasmin, a Canon EOS M50 é capaz de gravar a 10 fps no modo de sequência de disparos para garantir que nada fica por captar.

2. Desenvolva o seu lado artístico

Uma variedade de frutas dispostas como se estivessem no ar, espetadas num garfo, com um fundo azul vivo.

Desenvolver uma comunidade online é uma ótima forma de ver o que já foi feito e pode ajudá-lo a criar ligações com seguidores e fazer crescer a sua marca. Tirada com uma Canon EOS R com uma objetiva RF 24-105mm F4L IS USM a 105 mm, 1/100 seg., f/7.1 e ISO 100. © Yasmin AlBatoul

Três ovos estrelados a flutuar em linha num fundo amarelo.

Yasmin ainda utiliza a câmara com que começou para captar imagens profissionais, provando que se pode obter fotografias de alta qualidade a preços acessíveis. Tirada com uma Canon EOS R com uma objetiva RF 24-105mm F4L IS USM a 70 mm, 1/125 seg., f/4.5 e ISO 100. © Yasmin AlBatoul

"O mais importante que aprendi é atrair interesse ao criar algo diferente", refere Yasmin. "Há um interesse crescente na fotografia e no conteúdo de comida em todas as plataformas, por isso, quem estiver interessado em ser um influenciador gastronómico deve ter o lado artístico do seu trabalho em conta.

"Pense na estética", afirma. "As fotografias de comida tendem a parecer semelhantes entre si, por isso, crie o seu próprio estilo. Os grandes influenciadores de comida têm um estilo de assinatura e, ao desenvolver o seu lado artístico, poderá obter um resultado único."

3. Construa a sua comunidade

Uma sopa amarela a ser vertida para uma taça, salpicando o líquido para o ar.

A técnica escolhida por Yasmin acrescenta movimento e diversão às suas imagens, distinguindo-as de fotografias de natureza morta. Tirada com uma Canon EOS R com uma objetiva RF 24-105mm F4L IS USM a 105 mm, 1/160 seg., f/6.3 e ISO 200. © Yasmin AlBatoul

Num mar de fotógrafos com a mesma mentalidade, Yasmin sabia que a única forma de se destacar era ao trazer algo de novo. "Percebi que havia muitos críticos gastronómicos e amantes de comida viajantes em plataformas como o Instagram, mas muito poucos eram efetivamente fotógrafos de comida. Foi esse o meu momento de descoberta. Pensei: "Porque não partilhar conteúdo do ponto de vista de um fotógrafo de comida?"

"Quando comecei, não havia muitos fotógrafos de comida na Argélia, por isso pensei que poderia ser interessante explorar essa vertente. Cozinhar é uma parte importante da nossa cultura aqui na Argélia, atribuímos grande importância à gastronomia, pelo que o assunto pareceu-me natural."

As redes sociais ensinaram a Yasmin o valor de criar laços com as pessoas. Focar-se no desenvolvimento de uma rede ajudou-a a crescer, tanto como fotógrafa, como influenciadora.

"Quando comecei a publicar as minhas fotografias, o feedback recebido deu-me confiança para continuar com o que estava a fazer", afirma. "Tornar-me uma influenciadora ensinou-me que as pessoas estão interessadas no que eu faço e querem saber mais. Além disso, quando a minha «família» online cresce, gera interesse para o meu conteúdo."

4. As objetivas abrem a porta à criatividade

Um grande plano de algumas castanhas assadas, com uma delas a romper da casca.

Pode explorar as diferentes texturas e padrões de comida utilizando uma objetiva macro. Tirada com uma Canon EOS R com uma objetiva RF 24-105mm F4L IS USM a 105 mm, 1/200 seg., f/8 e ISO 100. © Yasmin AlBatoul

As fotografias profissionais não precisam de um orçamento profissional. "Comecei com a Canon EOS 600D, porque é uma câmara ideal para principiantes: acessível e de boa qualidade. Na minha opinião, é uma das mais fiáveis no mercado", refere Yasmin. Mas pouco depois de Yasmin começar a fotografar, começou a procurar progredir para além da objetiva do seu kit. "Os resultados eram bons, mas queria mais, por isso escolhi a Canon EF 50mm f/1.8 STM", afirma.

Yasmin descobriu que uma nova objetiva lhe trazia novas oportunidades criativas. "A abertura permitiu obter fundos desfocados, o que confere encanto e força a uma fotografia. Consegui ver uma melhoria de imediato, especialmente nos detalhes, nas cores e na qualidade geral."

Yasmin também utiliza a objetiva Canon EF 100mm f/2.8L Macro USM, que combina mais frequentemente com a sua Canon EOS 5D Mark IV. "É a minha objetiva preferida. A macro eleva a minha fotografia de comida a outro nível, dando-lhe um estilo mais intenso e com maior brilho, repleto de textura e detalhe."

Outras objetivas a considerar incluem a objetiva EF-M 28mm f/3.5 Macro IS STM com a EOS M50 ou pode utilizar a EF-S 35mm f/2.8 Macro IS STM combinada com uma DSLR.

5. Continue a aprender novas habilidades

Um bule rosa a verter chá para uma chávena que flutua no ar acima de um pires.

Fazer experiências com objetivas, como a macro, pode fazer toda a diferença nas suas imagens finais. A objetiva preferida de Yasmin é a Canon EF 100mm f/2.8L Macro USM. © Yasmin AlBatoul

Uma torre de tigelas a ser enchida de arroz com uma colher de madeira que flutua acima da mesma.

Ter a motivação para melhorar constantemente é fundamental para quem quer seguir os passos de Yasmin. Tirada com uma Canon EOS 5D Mark IV com uma objetiva EF 100mm f/2.8L Macro IS USM a 1/160 seg., f/9 e ISO 100. © Yasmin AlBatoul

Um aspeto crucial do sucesso a longo prazo de Yasmin foi a sua capacidade e vontade de aprender coisas novas, mesmo sendo uma profissional estabelecida.

"Quando vejo fotografias que tirei há dois ou três anos, fico bastante satisfeita com o resultado, mas também feliz por ter melhorado porque sei que posso fazer muito melhor agora", afirma. "O segredo para isso é simples, basta continuar a aprender. É por isso que não me importo de partilhar os meus conselhos com quem pretende melhorar."



Pode seguir a jornada gastronómica da Yasmin no seu Instagram @yasmin_albatoul

Escrito por Natalie Denton

Produtos relacionados

Artigos relacionados

  • FOTOGRAFIA DE COMIDA

    Dominar a fotografia de comida

    A fotógrafa Linda Lomelino partilha os ingredientes principais para fotografias de comida que deixam água na boca.

  • Um limão a pairar no ar sobre uma impressão ilustrada de um jogador de ténis prestes a servir. O efeito faz com que pareça que o jogador está prestes a atingir o limão.

    IMPRESSÃO CRIATIVA

    Impressões divertidas com o Paperboyo

    Brincar, imprimir e publicar: a estrela do Instagram, Paperboyo, experimentou a Canon SELPHY Square QX10.

  • As melhores objetivas para fotografias de comida

    FOTOGRAFIA DE COMIDA

    Objetivas para fotografia de comida

    Crie fotografias de comida fantásticas com a nossa seleção de objetivas de grandes planos.

  • FOTÓGRAFO DE COMIDA

    Fotografia de comida de Mike Tsang

    O fotógrafo explica-nos de que forma capta fotografias de comida apelativas que se tornam imediatamente um sucesso nas redes sociais.