FOTOGRAFIA CRIATIVA

7 dias e 7 formas criativas de desenvolver o seu estilo

O ávido TikToker e fotógrafo e videógrafo profissional Kym Moseley partilha as suas sugestões e técnicas para criar imagens inesquecíveis.
Um retrato de um homem com o seu rosto esticado numa imagem no pós-processamento, num fundo roxo.

Expandir a sua criatividade é o segredo para fotografias de melhor qualidade. Aprender a fazer experiências com estilos e experimentar novas técnicas pode levar a resultados arrojados e muitas vezes surpreendentes. Kym Moseley é um grande apologista de brincar com ideias, que, em seguida, partilha com os seus milhares de seguidores no TikTok.

Recentemente, o Kym levou a sua criatividade ao limite, fazendo um desafio fotográfico diário durante uma semana e documentando-o num tutorial no TikTok. Aqui, o Kym partilha as sete técnicas diferentes que utilizou e revela o processo de pensamento criativo por detrás de cada uma das suas fantásticas fotografias finais.

1. Adicione um elemento abstrato

Alguns dizem que a câmara nunca mente, mas sem dúvida que as aplicações de edição podem contornar a realidade. "Acho as obras surrealistas de Salvador Dalí verdadeiramente inspiradoras e quis criar algo semelhante", afirma o Kym sobre a imagem arrebatadora apresentada nesta página. "Não tinha a certeza do que ia fazer, por isso decidi tirar um autorretrato e mantê-lo simples. A aplicação Camera Connect da Canon é ideal para isto, especialmente porque pode utilizar a focagem automática em si mesmo enquanto está em frente à câmara, eliminando toda a incerteza habitual.

"Para mim, o retrato está nos olhos", continua o Kym. "É neles que se foca, literalmente, ao tirar a fotografia, mas são também os olhos que contam a história. Acho que não há nada pior do que um sorriso falso num retrato. Consigo sempre diferenciar quando os olhos não estão a sorrir. Para criar algo completamente diferente nesta fotografia, decidi retirar os olhos da imagem, eliminando toda a individualidade e personalidade. Estiquei uma secção do rosto na fase de edição e a fotografia foi transformada num retrato de alguém que poderia ser qualquer pessoa. Acho que é uma tentativa bem sucedida de criar uma obra de arte surrealista."

2. Altere os ângulos para fotografar o panorama geral

Fotografado de baixo para cima, um pássaro voa entre dois arranha-céus contra um céu azul brilhante.

"Fotografar os edifícios com uma objetiva ultra-angular e uma abertura de f/4.5 conferiu uma profundidade de campo suficientemente grande para manter tudo nítido, juntamente com uma velocidade do obturador de 1/125 segundos", afirma Kym sobre esta imagem intitulada "Look Up". "É rápido o suficiente para fotografias de grande-angular sem tripé." © Kym Moseley

"Por norma, fotografo retratos e pessoas, mas é bom desafiar-me com algo diferente", afirma o Kym. O Kym não utilizaria uma objetiva ultra-angular, como a RF 16mm F2.8 STM ou a Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM para retratos, mas acha que estas podem conferir uma perspetiva dinâmica a paisagens urbanas, como a que se encontra acima. "Para esta fotografia, tentei pensar em algo diferente das imagens habituais de edifícios e tive a ideia de fotografar diretamente para cima", explica.

O Kym utiliza a Canon EOS R6, e as objetivas EF ou EF-S podem ser utilizadas com esta câmara com um adaptador de montagem Canon EF-EOS R.

"Adorei a forma como a perspetiva ascendente deu a ideia de que os arranha-céus estavam a inclinar-se um em direção ao outro, mas senti que faltava algo no centro do céu, como um pássaro ou um avião. Isto não aconteceu, por isso, cortei um pássaro do fundo de uma fotografia antiga e adicionei-o, colocando-o exatamente onde queria."

3. Seja criativo com os autorretratos

Um retrato de um homem com caracteres chineses projetados no rosto.

Enquanto as câmaras mirrorless lhe permitem pré-visualizar o efeito da exposição e das definições de equilíbrio de brancos no visor eletrónico, pode desfrutar das mesmas vantagens com todas as câmaras DSLR da Canon com visualização direta, que, em contrapartida, compõem as fotografias no ecrã traseiro. © Kym Moseley

"Adoro retratos escuros, cinematográficos e com um aspeto antigo, como uma fotografia num filme", afirma o Kym sobre a inspiração por detrás dos resultados impressionantes da sua terceira técnica. "Queria que a maior parte do enquadramento fosse escuro, com apenas uma parte do mesmo a ser iluminada de forma dramática. Para criar o efeito, utilizei um bastão de luz LED para iluminar um pouco o fundo. Em seguida, liguei o meu telemóvel a um projetor e escrevi o símbolo chinês para "amor", projetando-o literalmente no meu rosto.

"Por norma, utilizo quase sempre o modo de exposição manual, para poder obter o aspeto que quero, especialmente com imagens escuras", continua Kym. "Mudei de uma Canon EOS 6D Mark II para uma EOS R6 há algum tempo e, como acontece com todas as câmaras mirrorless da Canon, é uma diferença enorme conseguir ver uma pré-visualização em direto dos níveis de exposição e do equilíbrio de brancos no visor. Brinquei com as cores da luz LED e os símbolos chineses no meu telemóvel até obter o equilíbrio que queria, com um fundo azulado e um texto avermelhado."

Para retratos, o Kym prefere uma profundidade de campo reduzida para isolar o motivo contra um fundo desfocado. Uma objetiva com uma classificação de abertura rápida permite isto, fazendo da Canon RF 50mm F1.8 STM e da EF 50mm f/1.8 STM as opções ideais e económicas.

4. Utilize sombras e luz

A sombra de uma mão a dar uma rosa a uma segunda mão que a espera, também na sombra.

Kym acha que as formas simples e arrojadas em silhueta podem, por vezes, dizer mais do que a luz e cor. "Esta fotografia de duas mãos e uma flor é um reflexo da interação humana", afirma. © Kym Moseley

"As fotografias brilhantes e ensolaradas estão em todo o lado, mas adoro brincar com sombras e silhuetas", afirma o Kym. Para a sua imagem da silhueta de duas mãos e uma flor contra uma parede cinzenta, queria manter as coisas puras, simples e dramáticas. "Muita da minha inspiração provém de fotografias que vi em filmes ou na televisão, ou em plataformas como o TikTok e o Instagram. Esta baseia-se em alguém que coloca uma flor na mão de outra pessoa. Acho que cria uma imagem realmente forte com um lado emocional."

O Kym continua: "tirei a fotografia no interior, apontando a câmara para a minha janela e utilizando uma sobre-exposição de cerca de um ponto para eliminar qualquer detalhe no fundo brilhante. Tirei duas fotografias separadas, primeiro de uma mão e depois da outra. Na verdade, são as minhas próprias mãos, pelo que utilizei a aplicação Camera Connect da Canon para controlar todas as definições e pré-visualizar as fotografias remotamente no meu telemóvel. Por fim, juntei as duas fotografias numa aplicação de edição para formar uma imagem composta."

5. Faça experiências com a composição

Um skater a dar impulso num parque de estacionamento escuro de vários andares.

Muitas vezes, as pessoas pensam que é necessária uma velocidade de obturador elevada para congelar a ação, mas Kym seguiu o caminho oposto e utilizou uma velocidade de obturador lenta de 1/30 segundos para adicionar desfocagem de movimento nesta fotografia, criando uma sensação de movimento. © Kym Moseley

"Adoro o facto de muitas câmaras Canon terem um ecrã de ângulo variável. Pode utilizar esta função para compor fotografias a partir de ângulos invulgares, segurando a câmara no alto ou em baixo", afirma Kym. Para a sua imagem de um skater num parque de estacionamento escuro, a câmara estava ao nível do solo, o que sentiu ter dado uma perspetiva interessante. "Consegui fazer com que o corpo do skater parecesse grande e pequeno exatamente nos locais que queria, por isso, o pé mais próximo da objetiva parece enorme e o resto do seu corpo está a afastar-se na distância", explica. "Se tivesse tirado a fotografia de uma altura dos olhos normal, teria perdido todo o seu impacto.

"A velocidade de acionamento extremamente rápida de 20 fotogramas por segundo da minha Canon EOS R6 é outra grande ajuda para este tipo de fotografia", continua Kym. "Tirei uma sequência de imagens de disparo rápido para ter a certeza de que captava o momento definitivo. Independentemente da câmara que utilize, compensa utilizar a taxa de fotogramas mais rápida para este tipo de imagem."

6. Domine o selvagem

Um pombo a levantar voo de uma mão estendida com sementes.

Para esta imagem, o Kym utilizou a focagem automática de ponto único, mas também poderia ter utilizado o fantástico modo de focagem automática de deteção de aves com IA de aprendizagem profunda da sua Canon EOS R6, também disponível nas câmaras EOS R5 e EOS R3. Esta funcionalidade foca de forma inteligente uma ave e acompanha o seu movimento, detetando o corpo e focando a cabeça, e até mesmo os olhos, quando esta aparece no enquadramento. "Adoro a forma como a EOS R6 é tão incrivelmente intuitiva e fácil de utilizar", afirma Kym. © Kym Moseley

Não é preciso fazer um safari para obter imagens de vida selvagem impressionantes. É possível tirar excelentes fotografias no seu próprio jardim, ou, no caso do Kym, no seu parque local. Afirma o TikToker sobre a sua fotografia de um pombo a voar depois de comer: "Sempre me inspirei em fotografias de pombos a levantar voo e fotografias de pessoas a segurar um pássaro exótico na mão. Decidi combinar os dois com esta imagem.

"Há um café no parque que vende pacotes de sementes de pássaros para alimentar os patos, mas também funciona bem para atrair os pombos até nós. Segurei a câmara numa mão e persuadi o pombo a pousar na outra. Utilizei uma velocidade do obturador de 1/1600 segundos para congelar o movimento enquanto o pombo voava."

7. Sobreponha imagens

Uma imagem de exposição dupla a preto e branco de um jovem com cabelo curto.

O Kym diz que esta imagem de exposição dupla não teria sido possível sem a capacidade da Canon EOS R6 de mostrar uma "imagem fantasma" da primeira fotografia, sobre a qual poderia sobrepor a pré-visualização da segunda fotografia para alinhar os olhos. "É uma câmara fabulosa", afirma. Esta funcionalidade também está disponível em várias outras câmaras Canon, incluindo a EOS 90D, a. EOS 6D Mark II e a EOS RP. © Kym Moseley

"Esta é outra fotografia parcialmente inspirada no trabalho de outra pessoa", afirma Kym sobre a sua fotografia final memorável. "As exposições duplas captam sempre a atenção e eu queria criar uma imagem onde os olhos esquerdo e direito estivessem exatamente sobrepostos nas duas imagens separadas", explica. "Houve espaço para tentativa e erro porque descobri que as pupilas do olho tinham que ser colocadas com muita precisão.

"O modo de exposição múltipla da minha Canon EOS R6 foi uma ajuda enorme", diz o Kym. "Depois de tirar a primeira fotografia, esta é apresentada no visor ou no ecrã traseiro como uma espécie de imagem fantasma, para que possa utilizá-la para uma colocação precisa ao compor a segunda fotografia."

Quer se desafie durante uma semana como o Kym e experimente uma destas diferentes técnicas todos os dias, ou simplesmente dê uma oportunidade a algumas delas ao longo do tempo, há uma grande alegria e satisfação em desafiar os seus limites enquanto fotógrafo. Não se esqueça de partilhar os seus resultados com a hashtag #FreeYourStory, identificando @canonemea.



Escrito por Matthew Richards

Produtos relacionados

Artigos relacionados

  • Gotas de spray líquido em arco num cálice de vidro numa mão levantada, com a silhueta projetada contra um céu laranja.

    FOTOGRAFIA CRIATIVA

    Técnicas criativas para redes sociais

    Dois fotógrafos do TikTok partilham as suas melhores sugestões para criar imagens que se destacam da multidão.

  • Vários rastos de luz coloridos contornam uma modelo com as mãos nas ancas contra um fundo preto.

    FOTOGRAFIA DE RETRATO

    Fotografe retratos abstratos

    Faça experiências com exposições múltiplas, pintura com luzes, jogos de sombras e muito mais.

  • Uma mulher com ganchos de borboleta no cabelo prende mais ganchos de borboleta em fios pendurados numa barra prateada.

    PROJETOS EM CASA

    Imagens inspiradoras em casa

    Transforme a sua casa num estúdio com sugestões da estrela do TikTok Michaela Efford.

  • FOTOGRAFIA URBANA

    Retratos para impressões

    O fotógrafo e TikToker Kym Moseley partilha as suas sugestões para captar e partilhar fotografias marcantes de desconhecidos.