A snowboarder walks through the snow with his snowboard under his arm, away from the camera.

Ar livre

Melhores fotografias das férias de inverno: dicas e sugestões de um fotógrafo profissional de desporto

O encanto silencioso de uma paisagem nevada, a emoção dos esquiadores a descer pelas pistas... Não se limite a simplesmente desfrutar da euforia das maravilhas do inverno e documente-as para sempre com as principais sugestões do fotógrafo profissional de desportos de inverno e Embaixador da Canon Richard Walch.

Como já saberá, caso já tenha tentado captar uma cena de neve com muita luz solar, é preciso mais do que apontar e disparar para conseguir a imagem de inverno perfeita. "Onde quer que vá, o mais importante é esperar por um ótimo dia de neve fresca com um céu azul e ir subindo a montanha com a câmara", afirma Richard.

Nesta entrevista, Richard partilha as suas principais dicas e sugestões para o ajudar a conseguir melhores fotografias esta temporada nas pistas de esqui, desde a escolha da câmara ideal para as férias de inverno até às definições de focagem automática mais adequadas para captar a ação.

1. Escolha a câmara ideal para a sessão

"Quando se dirigir para as pistas, vai querer uma câmara potente e compacta," afirma Richard. "Também vai precisar de um visor, uma vez que é frequente haver muito brilho nas montanhas para compor uma imagem utilizando apenas um ecrã. Se pretender captar um desporto de ação rápida, precisa de ter uma câmara com uma taxa de fotogramas rápida, superior a cinco fotogramas por segundo.

"A Canon EOS M50 e a Canon EOS M5 cumprem esses requisitos. Ambas têm potentes sensores APS-C para captar imagens com detalhes nítidos e a tecnologia Dual Pixel CMOS AF para uma focagem rápida e precisa.

"Também pode emparelhá-las facilmente com o smartphone através de Wi-Fi. Isto permite que as imagens sejam transferidas para o telemóvel, mesmo que não haja rede na montanha. Assim que tiver sinal de rede ou Wi-Fi, pode partilhar as suas imagens com o mundo nas redes sociais."

2. Escolha o momento perfeito

"O nascer e o pôr do sol oferecem condições de luz deslumbrantes para tirar fotografias nas pistas. No entanto, o clima de montanha é difícil de prever e pode mudar rapidamente. Recomendaria começar a subir a montanha o mais cedo possível, para que já esteja devidamente posicionado para esses momentos de luz perfeita.

"A Canon EOS M50 é uma ótima câmara para utilizar em situações de pouca luz, como o nascer e o pôr do sol. O processador DIGIC 8 é extremamente avançado, pelo que vai conseguir excelentes resultados se tiver de aumentar o ISO para compensar a falta de luz. Tente combiná-la com a objetiva Canon EF-M 32mm f/1.4 STM para tirar fotografias de paisagens impressionantes."

3. Utilize as definições certas

"Para evitar que a neve fique cinzenta em imagens com muito branco, o meu ponto de partida é uma combinação específica de definições", afirma Richard. "Ao fotografar motivos em movimento rápido, também tem de 'congelar' o esquiador ou snowboarder na imagem para evitar a desfocagem causada pelo movimento." Em ambos as situações, Richard recomenda colocar a câmara no modo M (Manual), definir a velocidade do obturador para 1/2000 s, a abertura para f/8 e o ISO para 200.

"Tem de colocar a câmara no modo AI Servo AF para uma focagem contínua. O truque é orientar a focagem automática. Isto significa que, assim que vir o motivo, tem de começar a disparar. A focagem automática aprende fotograma a fotograma: identifica em que direção e a que velocidade o motivo se movimenta e antecipa o ponto onde vai aparecer a imagem seguinte. Em geral, a câmara precisa de duas a três imagens para compreender o que está a acontecer. Todas as câmaras Canon têm uma focagem automática muito boa."

Ao trabalhar no modo AI Servo AF, utilize sequências curtas de disparo contínuo para evitar sobrecarregar a memória temporária e abrandar a câmara.

4. Posicione-se acima do seu motivo e observe

"Se fotografar uma montanha no sentido ascendente, o aspeto será demasiado plano. O ideal é fotografar a partir da lateral ou um pouco abaixo do motivo.

"É melhor evitar fotografias encenadas: a ideia é ser um observador externo, com o motivo a olhar na direção em que está a esquiar ou a praticar snowboard. Em termos de retratos, ou tiramos um retrato bastante próximo enquanto falamos com a pessoa junto a ela ou tornamo-nos invisíveis e documentamos o que está a acontecer. Não procure um ponto intermédio."

5. Tenha cuidado com as mudanças de temperatura e transporte baterias adicionais

"Entrar num edifício quente quando se vem das pistas geladas irá rapidamente embaciar as objetivas da câmara, pelo que é importante manter o equipamento no exterior até ao final do dia. Certifique-se de que transporta uma mochila robusta para proteger o equipamento em caso de queda e use óculos resistentes com proteção UVP para proteger os olhos da luz solar e do brilho da neve.

"Além disso, as baixas temperaturas podem esgotar muito rapidamente a bateria da câmara, pelo que é melhor transportar duas baterias adicionais consigo para estar prevenido. As mãos frias também dificultarão a utilização do equipamento, pelo que deve certificar-se de que leva luvas quentes que permitam uma mobilidade normal!"

6. Não tenha medo de fotografar na direção do sol

"Quando a luz do sol surge entre as nuvens, é realmente uma bênção para fotografar na montanha. No entanto, o reflexo da neve pode tornar as imagens sobre-expostas se as definições da câmara não estiverem ajustadas corretamente.

"A melhor forma de evitar a sobre-exposição nestas condições é definir manualmente a velocidade do obturador para 1/2000 s, a abertura para f/8 e o ISO para 200. Se estiver a captar imagens num modo automático, certifique-se de que compensa a exposição em +1 a +3 pontos. Caso contrário, as imagens ficarão demasiado escuras. Não tenha medo de fotografar na direção do sol: é assim que consegue algumas das melhores imagens de desportos de inverno.

"O sol cria um efeito de contraluz com a neve que é levantada quando o esquiador ou o snowboarder se movimenta. Se conseguir enquadrar o sol atrás da pessoa, melhor ainda. As objetivas que temos agora são muito potentes.

"Se tiver neve à mão, tente atirar uma mão cheia dela para o ar e fotografar na direção do sol para criar um efeito brilhante."

7. Prepare-se para a selfie perfeita

"Planear a selfie de montanha perfeita começa antes de ir de férias. Os casacos e salopettes de cores vivas destacam-se bastante contra o fundo branco e podem fazer a diferença para tirar uma selfie verdadeiramente marcante.

"Em termos de composição, uma bela cordilheira é um fundo impressionante. Para a exposição correta, o melhor é ter o sol a bater diretamente no rosto do motivo ou na lateral. Se pretender fotografar na direção do sol, terá de utilizar um flash para iluminar o rosto."

A split image shows a skier descending down a steep slope on one side, and another skier performing a somersault on the other.

8. Da próxima vez, desafie-se a sério!

Quando finalmente conseguir tirar aquela fotografia fantástica em condições exigentes, a fotografia de inverno torna-se extremamente gratificante. Assim que dominar estas sugestões durante as férias de inverno deste ano, Richard afirma que os entusiastas da fotografia devem dar o próximo passo e procurar locais espetaculares para a próxima sessão: destinos que garantem umas férias fora do comum e fotografias ainda mais impressionantes.

"A Europa está repleta de locais fantásticos para fotografar nas pistas. As famosas estâncias na Suíça e em França são impressionantes, mas há muitos mais locais menos conhecidos que não deveriam ser ignorados", comenta. "Porque não se desafia e se aventura pelo Monte Elbrus, na Rússia, ou em Akureyri, na Islândia?"

Escrito por Emma-Lily Pendleton

Artigos relacionados
Two cross-country skiers makes their way up a mountain in low sunlight.

AÇÃO

"Vá mais além pela sua fotografia"

O fotógrafo de desportos radicais Richard Walch fala-nos sobre o que o leva a captar as suas impressionantes fotografias de esqui e snowboard.

Outdoor photographer Alan Rowan stands on top of a hill in front of a lake and fields, holding a compact Canon camera.

AR LIVRE

Como o conhecido Munro Moonwalker fotografa perspetivas de montanhas

De macros coloridas a cumes de montanhas enevoados, eis a forma como Alan Rowan utiliza a Canon PowerShot SX740 HS para conseguir a fotografia de natureza perfeita.

Artigos relacionados



A secção Inspirar-se é a sua principal fonte de dicas de fotografia úteis, guias de compras e entrevistas profundas: tudo aquilo de que necessita para encontrar a melhor câmara ou impressora e dar vida à sua próxima ideia criativa.

Voltar a todas as sugestões e técnicas

Produtos relacionados