NOÇÕES BÁSICAS DE FOTOGRAFIA

Sugestões de fotografia de outono

Desde tirar o máximo partido das condições meteorológicas variáveis até captar as cores sazonais, descubra o kit e as técnicas de que precisa para criar fotografias e vídeos fantásticos desta época maravilhosa.
Um grande plano de uma folha de outono castanha no chão, coberta de gotas de chuva.

O outono é, sem dúvida, a melhor estação para sair com a sua câmara. A luz quente, as cores vivas e os animais que recolhem alimentos para o inverno fazem com que haja sempre algo para fotografar. No entanto, a janela de oportunidade para fotografar as cores de outono no seu pico é fugaz, dado que basta um dia de brisa para despir as árvores das suas folhas. Por isso, é importante agarrar todos os momentos que conseguir.

Para começar, seguem-se nove sugestões de fotografia de outono para tirar o máximo partido dos magníficos tons laranja, vermelho e dourado da estação, qualquer que seja a câmara Canon que utilizar.

1. Aproveite a luz em mudança

Um riacho de montanha corre através de uma paisagem outonal, com fetos e rochas em primeiro plano.

O sol de ângulo baixo de um dia de outono pode realçar a textura do terreno. Esta imagem outonal clássica capta todas as cores da estação. O movimento na água, captado com uma exposição longa, juntamente com os fetos, as faias e as bétulas, ajuda a equilibrar a composição. Tirada com uma Canon EOS 5D (agora substituída pela Canon EOS 5D Mark IV) com uma objetiva Canon EF 17-40mm f/4L USM a 29 mm, 15 seg., f/16 e ISO 100. © Theo Bosboom

Algumas folhas estão penduradas nos ramos de resto despidos, enquanto troncos de árvore pálidos são vistos na neblina em segundo plano.

O pano de fundo turvo ajuda a acentuar o punhado de folhas de outono que se mantêm agarradas a estes ramos esguios. Tirada com uma Canon EOS 5D Mark III (agora substituída pela Canon EOS 5D Mark IV) com uma objetiva Canon EF 70-200mm f/2.8L IS II USM (agora substituída pela Canon EF 70-200mm f/2.8L IS III USM) a 190 mm, 1/50 seg., f/8 e ISO 200. © Theo Bosboom

A menor elevação do sol significa que a luz outonal é frequentemente quente e suave, excelente para fotografar durante todo o dia.

Talvez a melhor altura para a fotografia de outono seja durante a hora "dourada", ou seja, o período imediatamente após o nascer do sol e imediatamente antes do pôr do sol. Nesta altura, a luz do sol pode ajudar a captar melhor as texturas e formas, ideal para grandes planos de folhas caídas. As sombras longas criadas pelo sol baixo podem também acrescentar dramatismo às fotografias de paisagens e cidades.

Os amanheceres tardios e a luz nebulosa das primeiras horas da manhã podem oferecer excelentes oportunidades para fotografias evocativas, como as ruas vazias da cidade e as cenas enevoadas dos bosques. Tente também fotografar ao pôr do sol, quando ainda há luz no céu, mas consegue também captar o impacto das luzes da cidade.

2. Aceite a chuva, o nevoeiro e o frio

Dois cisnes num rio parcialmente obscurecido pela neblina sobre a água, o que confere à cena um brilho laranja pálido.

Utilize as condições meteorológicas a seu favor. Aqui, a neblina que obscurece parcialmente os cisnes cria uma atmosfera e confere a esta cena à beira‑rio uma sensação de outro mundo. Tirada com uma Canon EOS R6 com um adaptador de montagem Canon EF-EOS R e uma objetiva Canon EF 70-200mm f/2.8L USM a 200 mm, 1/1000 seg., f/3.5 e ISO 100. © Dmitry Kupratsevich

Uma aranha sentada no meio da sua teia contra um fundo verde escuro e castanho. As linhas da teia estão cobertas por minúsculas gotas de orvalho.

Depois de uma noite fria, saia cedo com a sua câmara para captar o orvalho ou a geada nas teias de aranha. Para fazer com que motivos translúcidos como estes se destaquem, fotografe-os contra um pano de fundo escuro. Tirada com uma Canon EOS R6 com uma objetiva Canon RF 70-200mm F4L IS USM a 200 mm, 1/400 seg., f/4 e ISO 500. © Lucia Griggi

O clima variável do outono significa que é possível captar muitos estados de espírito num só dia. O céu pode estar brilhante e nítido um minuto, nublado e tempestuoso no minuto seguinte.

Até a chuva pode proporcionar uma série de oportunidades para a fotografia criativa. As câmaras do sistema EOS R e as objetivas RF da Canon são impermeabilizadas, o que significa que pode utilizá-las numa grande variedade de ambientes e condições. Um para-sol irá proteger a parte frontal da objetiva se caírem algumas gotas de chuva, mas leve uma cobertura antichuva para a sua câmara, de modo a que possa continuar a fotografar durante uma chuva torrencial. Encontre um pano de fundo escuro para que as gotas de chuva se destaquem e aproveite as poças para captar os reflexos das árvores coloridas.

As noites mais frias também garantem uma maior probabilidade de existir formação de nevoeiro de manhã. Por isso, levante-se cedo para captar fotografias e vídeos de uma cidade ou paisagem rural enevoada antes de o sol o impedir. Tente fotografar na direção do sol ou dos candeeiros de rua para conferir um brilho etéreo à neblina.

3. Tire o melhor partido das cores outonais

Uma grande árvore despida é visível num pedaço de charneca coberta de erva. Há uma neblina indistinta ao longe e o sol baixo é visível através dos ramos da árvore.

Se estiver a tirar uma fotografia na direção do sol, pode constatar que o seu motivo surge mais escuro do que o esperado. Guardar a sua imagem como um ficheiro RAW dá-lhe a opção de ajustar a exposição quando proceder ao seu processamento. Tirada com uma Canon EOS 5D Mark IV com uma objetiva Canon EF 24-70mm f/2.8L II USM a 24 mm, 1/8000 seg., f/4 e ISO 2500. © Marcus Hawkins

Uma imagem de uma grande árvore despida num pedaço de charneca coberta de erva aberta no software de edição Digital Photo Professional da Canon.

A edição dos seus ficheiros no software Digital Photo Professional da Canon permite-lhe ajustar as cores e definir estilos de imagem. © Marcus Hawkins

Configure a câmara para oferecer cores fortes e saturadas para arrojadas imagens de outono. Para realçar os tons dourados das paisagens de outono, escolha uma predefinição de equilíbrio de brancos que acrescentará calor, como Luz de dia ou Nublado. Se estiver a utilizar um dos modos de disparo automático da câmara que lhe permite alterar a tonalidade da cor, defina esta opção para Quente.

Captar imagens de outono em formato RAW (em oposição a JPEG) irá proporcionar-lhe a maior flexibilidade quando se trata de editar as suas imagens num computador. O software Digital Photo Professional da Canon oferece-lhe todas as ferramentas de que precisa para processar ficheiros RAW. Pode alterar o equilíbrio de brancos para conferir às suas imagens uma sensação mais apelativa, por exemplo, e experimentar diferentes estilos de imagem, como o estilo de tons de outono, que pode transferir a partir do Website da Canon. Também é possível ajustar a tonalidade, a saturação e a luminosidade de cores individuais utilizando a ferramenta de ajuste da cor.

4. Experimente com os retratos sazonais

Um homem e uma mulher jovens sorriem um para o outro enquanto empurram as suas bicicletas ao longo de um caminho, tendo como pano de fundo as folhas douradas de outono.

O sol que brilha através das folhas douradas do outono proporciona um bonito cenário para este retrato. Experimente utilizar elementos em primeiro plano para melhorar a sua composição ou tente atirar folhas de outono. Muitas vezes, as fotografias de paisagens podem ser melhoradas com a adição de um motivo. Tirada com uma Canon EOS 200D (agora substituída pela Canon EOS 250D) com uma objetiva Canon EF 50mm f/1.8 STM a 1/800 seg., f/1.8 e ISO 200.

As cores de outono criam um pano de fundo inspirador para uma fotografia de retrato. Para produzir uma imagem lisonjeadora, afaste-se do seu motivo e faça zoom com a objetiva para uma definição longa. Isto tornará as características faciais menos pronunciadas, para um resultado mais agradável. A visão mais estreita de um zoom mais longo também lhe dará mais controlo sobre o que aparece no segundo plano do seu retrato, para que possa inundar o pano de fundo com cores outonais.

O ângulo baixo do sol nos dias de outono pode ser desconfortável para o motivo do retrato, por isso, fotografe à sombra de uma árvore ou de um edifício para que a pessoa não fique com os olhos semicerrados. Como alternativa, posicione-a de forma a que a luz quente a ilumine por trás ou de um dos lados e, em seguida, segure algo branco perto do rosto para refletir a luz e iluminar as áreas na sombra.

O clima de outono é imprevisível e, às vezes, é necessário fotografar em espaços interiores. Utilize material de malha ou tule branco para difundir a luz proveniente de uma janela e posicione o motivo do retrato de modo a que a luz da janela caia sobre um dos lados do rosto. Peça-lhe para virar ligeiramente a cabeça para olhar para o exterior, para que a luz suave ilumine uniformemente o rosto.

5. Esteja preparado para se levantar cedo quando fotografar a vida selvagem

Um passarinho branco empoleirado num ramo com bagas vermelhas, com a sua longa cauda preta levantada atrás.

Para obter imagens nítidas, apoie a câmara e a objetiva com firmeza ou utilize um tripé. Uma objetiva com estabilização de imagem (IS) ou uma câmara do sistema EOS R com estabilização de imagem no corpo (IBIS), por exemplo, irá ajudá-lo a tirar fotografias mais nítidas sem tripé. Tirada com uma Canon EOS R7 com uma objetiva Canon RF 600mm F4L IS USM a 1/4000 seg., f/4.5 e ISO 640.

Um veado de chifres pequenos é visível meio escondido num campo de culturas altas e douradas, com um céu dourado atrás.

Os veados e muitos outros mamíferos têm um olfato muito sensível, por isso, aproxime-se deles quando o vento sopra na sua direção, em vez de levar o seu cheiro até eles. Tirada com uma Canon EOS RP com uma objetiva Canon RF 100-400mm F5.6-8 IS USM a 373 mm, 1/250 seg., f/8 e ISO 1250. © Ben Hall

As cores sazonais conferem um elemento adicional às fotografias de animais selvagens e pássaros, embora muitas vezes precise de uma teleobjetiva para obter fotografias que preencham todo o enquadramento. A maioria dos animais estão ativos ao amanhecer e ao anoitecer, por isso, tente colocar-se em posição num local antes da chegada do motivo. Utilize a definição do modo de avanço mais rápido da sua câmara para poder captar sequências de disparos e defina a focagem automática AI Servo/Servo para acompanhar os animais em movimento.

Os animais selvagens, como veados, esquilos e pássaros, podem misturar-se com a área circundante, por isso, tente enquadrá-los contra a vibrante folhagem de outono para que se destaquem mais. Se o seu jardim for visitado por pássaros, utilize alpista para os atrair e levá-los a pousar à frente de um cenário colorido.

6. Aproxime-se para conseguir um maior impacto

Um grande plano de um único cogumelo creme e castanho, sobre um solo de floresta coberto de musgo.

Para garantir que o seu motivo se destaca do ambiente em volta, escolha uma abertura suficientemente ampla (número f mais baixo) para desfocar o fundo. Tirada com uma Canon EOS R6 com um adaptador de montagem Canon EF-EOS R e uma objetiva Canon EF 70-200mm f/2.8L IS II USM a 200 mm, 1/100 seg., f/8 e ISO 640. © Brian Worley

Uma folha de outono seca fotografada contra um sol baixo num céu laranja para iluminar as suas veias.

Experimente tirar uma fotografia com o brilho laranja de um pôr do sol ou nascer do sol atrás do motivo para que este apareça como uma silhueta e, em seguida, utilize o flash para o iluminar. Quando estiver a fotografar folhas de outono, mantenha a parte de trás da câmara paralela à folha para que possa focar mais com nitidez. Tirada com uma Canon EOS RP com uma objetiva Canon RF 24-105mm F4L IS USM a 24 mm, 1/1000 seg., f/4 e ISO 100. © Agi Wojcik

A fotografia macro é uma excelente forma de explorar as tonalidades e texturas do outono. Experimente com o modo macro ou de grande plano da sua câmara e procure detalhes sazonais, como fungos, gotas de chuva em folhas ou as veias da folhagem caída.

Para realçar a textura das folhas de outono, ilumine-as a partir de um ângulo baixo. Se quiser captar a estrutura delicada de uma folha, cole-a numa janela para que possa fotografá-la à contraluz com o sol.

A Canon RF 24mm F1.8 MACRO IS STM para as câmaras do sistema EOS R tem uma distância mínima de focagem (MFD) de 14 cm (ampliação de 0,5x ou metade do tamanho real), dando-lhe a oportunidade de preencher o enquadramento com detalhes, enquanto a Canon RF 85mm F2 MACRO IS STM permite-lhe focar até 35 cm (ampliação de 0,5x). As objetivas macro não se destinam apenas à fotografia em grande plano. Também as pode utilizar para retratos, paisagens e outros motivos.

Não precisa de uma objetiva dedicada para a fotografia macro. Desde que tenha uma câmara e uma objetiva de boa qualidade, qualquer fotografia pode ser recortada para mostrar os detalhes de um motivo. Muitas objetivas fornecidas com câmaras Canon EOS têm uma MFD incrivelmente curta, como a Canon RF 24-105mm F4-7.1 IS STM, que consegue focar até 13 cm.

7. Tenha o kit certo

Uma mulher com um chapéu e casaco quentes a olhar para o ecrã LCD da sua câmara Canon enquanto se agacha para fotografar uma rocha coberta de musgo.

Em vez de fotografar tudo à altura da cabeça, faça o esforço de se baixar para mostrar a paisagem de outono de uma nova perspetiva. Uma câmara com um ecrã de ângulo variável torna mais fácil captar a partir de ângulos criativos.

Uma câmara do sistema Canon EOS R constitui uma excelente opção leve para transportar o dia todo num passeio fotográfico de outono. As câmaras compactas Canon EOS R10 e Canon EOS RP são fáceis de utilizar e estão repletas de funcionalidades criativas que lhe permitem desenvolver as suas competências nas áreas de fotografia e vídeo.

Experimente diferentes objetivas para adicionar variedade às suas imagens de outono. Uma objetiva grande angular, como a Canon RF 24mm F1.8 MACRO IS STM, é excelente para fotografias de paisagens sazonais, enquanto a leve RF 100-400mm F5.6-8 IS USM é ideal para a fotografia de vida selvagem. Uma objetiva com uma grande abertura máxima, como a Canon RF 50mm F1.8 STM, irá facilitar a captação em condições de pouca luz.

Não se esqueça de levar alguns acessórios. Um refletor dá-lhe mais controlo sobre a luz quando estiver a fotografar grandes planos e retratos de outono, e um tripé leve permite-lhe continuar a tirar fotografias à noite. Um filtro polarizador circular que se fixa à parte frontal da sua objetiva é um excelente acessório de fotografia de outono, dado que irá reduzir a ocorrência de reflexos e intensificar a saturação.

8. Tente gravar um vídeo de outono

Duas mulheres com chapéus e casacos quentes, e com câmaras Canon estão numa floresta a olhar para cima. Uma delas está também a apontar para cima.

Olhe para cima e veja o que está a acontecer. A inclusão de ramos quase despidos em contraste com o céu na sua imagem ou vídeo transmite uma sensação outonal e permite ao espetador apreciar a beleza e a fragilidade da natureza.

Enquanto tira fotografias de outono, porque não gravar também o outono em movimento? As câmaras Canon EOS, como a Canon EOS R10, permitem-lhe gravar vídeos de alta qualidade com o toque de um botão. Se tiver uma câmara equipada com Wi-Fi, pode partilhar facilmente os seus clipes nas redes sociais enquanto está em movimento, através da aplicação Camera Connect da Canon.

Se estiver a filmar amigos, familiares ou outras pessoas, certifique-se de que as estrelas do filme estão também a usar cores que complementam os tons de outono. Para um aspeto profissional, mantenha a sua câmara imóvel e evite fazer zoom com a objetiva enquanto filma.

Tente filmar alguns clipes com as folhas a caírem das árvores ou então pegue num punhado de folhas e atire-as para o ar. Certifique-se de que a sua gravação de áudio interna está ligada para captar o som das folhas pisadas pelos pés ou as gargalhadas, suas e dos seus amigos.

Pode até experimentar gravar um filme em time-lapse ou hyper-lapse, mostrando, por exemplo, a mudança da luz sazonal ao longo de algumas horas ou a formação de orvalho na erva de outono.

9. Imprima as suas imagens favoritas

Uma folha de imagens de temática outonal a sair de uma impressora compacta Canon.

A Canon SELPHY CP1500 imprime bonitas fotografias com qualidade de laboratório numa variedade de diferentes tipos de papel, do formato postal a miniautocolantes.

Vale a pena selecionar o tipo de papel mais adequado ao seu estilo de fotografia ao imprimir fotografias com cores saturadas e tonalidades quentes. Embora o popular papel fotográfico superbrilhante Canon Pro Platinum proporcione resultados incrivelmente detalhados e vibrantes, também pode experimentar um papel mais suave. Um excelente exemplo é o Canon Plus Semi-gloss, com um acabamento acetinado e um brilho reduzido para um aspeto mais suave.

A impressora da série Canon PIXMA TS7450 é a opção ideal para utilização em casa pois permite imprimir numa variedade de suportes criativos, enquanto a Canon SELPHY CP1500 é uma excelente escolha compacta.

Explorar a beleza do outono com a sua câmara pode despertar ideias para uma abundância de projetos de fotografia inspiradores, por isso, não se esqueça de aproveitar ao máximo esta estação vibrante enquanto a magia perdura.

Escrito por Marcus Hawkins

Produtos relacionados

  • Câmaras mirrorless

    EOS R10

    Dê o passo seguinte em matéria de fotografia e vídeo com uma câmara mirrorless do sistema EOS R concebida em torno de um sensor de tamanho APS-C.
  • Câmaras mirrorless

    EOS RP

    Uma câmara mirrorless Full-Frame compacta, leve e intuitiva concebida para fotografia de viagem e do dia a dia.
  • Objetiva de distância focal fixa grande angular

    Canon RF 24mm F1.8 MACRO IS STM

    Uma objetiva de distância focal fixa de 24 mm leve e compacta, ideal para fotografias de paisagens, vlogging e interiores, para além de proporcionar excelentes imagens macro.
  • Teleobjetiva de zoom

    RF 100-400mm F5.6-8 IS USM

    Um zoom RF 100-400mm versátil, compacto e leve com um IS de 5,5 pontos para captar a vida selvagem e a ação sem qualquer peso.
  • Impressoras para casa

    Série PIXMA TS7450

    Uma multifunções elegante para os que dominam a tecnologia com diversas possibilidades de impressão criativa e tecnologia de ADF que simplifica o processo de fotocopiar e digitalizar várias folhas diferentes.
  • Impressoras para casa

    Canon SELPHY CP1500

    Crie impressões de cores ricas e altamente resistentes em segundos com esta impressora fotográfica compacta e fácil de utilizar.
  • Artigos relacionados

  • Uma pessoa a usar equipamento para caminhadas e uma mochila grande parada num afloramento rochoso com o seu cão. Em segundo plano, é possível ver hectares de pântano remoto.

    FOTOGRAFIA DE AVENTURA

    Fotografia de aventura ao ar livre

    A fotógrafa Anna Blackwell caminha pelas zonas selvagens de Dartmoor com uma Canon EOS R6.

  • Fotografar as estações

    FOTOGRAFIA DE PAISAGEM

    Fotografar as estações

    Realce a atmosfera única de cada estação com estas sugestões do Benjamin Hegyi.

  • Vida selvagem em condições de pouca luz

    FOTOGRAFIA DE VIDA SELVAGEM

    Vida selvagem em condições de pouca luz

    Descubra as vidas ocultas dos animais com as nossas melhores sugestões de fotografia noturna.

  • Uma fotografia de paisagem de uma árvore na encosta de uma colina, em frente a um céu roxo.

    FOTOGRAFIA DE PAISAGEM

    As melhores sugestões para fotografias de paisagens

    Descubra as técnicas de fotografia que o ajudarão a elevar as suas fotografias de paisagens a outro nível.